Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

João Pedro 11ct2 Nº11

começar

Apresentão

Os caminhos da Educação Portuguesa do séc.XIX

INDEX

Enquadramento económico, social e político

Edcuaçao femenista

Educação oitocentista

Referências literárias à educação

Introdução

Uma análise crítica da Educação Portuguesa do século XIX, realizada como parte da disciplina de Cultura Portuguesa focada nesse período histórico. O estudo explora a evolução do sistema educacional e seus impactos na sociedade. Destaca-se a falta de reconhecimento da importância da educação para o desenvolvimento individual, contrastando com visões contemporâneas fundamentadas em estudos psicológicos.

Enquadramento económico, social e político

No século XIX, Portugal passou por mudanças políticas, sociais e econômicas significativas. O período foi marcado pelo estabelecimento do liberalismo e pela ascensão da classe burguesa. Apesar dos desafios como pobreza e desorganização devido a invasões e guerra civil, em 1851 iniciou-se o movimento de Regeneração. Sob liderança de Fontes Pereira de Melo, medidas foram implementadas para impulsionar a economia, introduzindo a industrialização e melhorando a infraestrutura de transporte e comunicação.

Enquadramento económico, social e político

Após a introdução dos recenseamentos em 1864, houve um aumento significativo da população em cerca de 75%, atribuído à melhoria das condições de vida. No entanto, esse crescimento não foi uniforme em todo o país, sendo mais expressivo no norte litoral e nas cidades costeiras. Com o aumento populacional, surgiram problemas de desemprego, levando muitos a buscar melhores oportunidades no exterior, especialmente no Brasil, devido à língua comum e à demanda por mão-de-obra.

Curiosidades

Após a criação da Diretoria Geral dos Estudos em 1759, responsável pela orientação e inspeção das escolas, houve uma tentativa de reorganização das estruturas educacionais. Isso levou à criação do Ministério da Instrução Pública em 1913, que continua a servir a educação portuguesa até os dias atuais.

Curiosidades

No século XIX, Portugal tomou decisões significativas em relação aos direitos humanos, incluindo a abolição total da pena de morte em 1867 e a erradicação da escravidão em todos os seus territórios em 1869. Estas medidas foram influenciadas pelos princípios liberais de "liberdade, igualdade e fraternidade".

No contexto liberal, a educação desempenhava um papel crucial na formação dos indivíduos dentro da sociedade, respeitando tanto os direitos dos outros quanto os próprios. Isso reforçava o caráter individualista e contratual da sociedade capitalista, ao mesmo tempo em que promovia o civismo como uma força unificadora nacional. Por outro lado, a educação católica tradicional tinha como objetivo formar cidadãos para a "cidade de Deus", sem necessariamente incentivar a desobediência à ordem jurídica estabelecida.

Educação oitocentista

Edcuaçao femenista

No século XIX, as mulheres em Portugal alcançaram uma maior participação na sociedade através da educação, capacitando-as para além das tarefas domésticas. Investir na educação feminina foi crucial para modernizar o país, considerando o atraso educacional em relação a outras nações.

Em "Os Maias" de Eça de Queiroz, a educação em Portugal é explorada, destacando a influência dos diferentes processos educativos nos personagens. O estudo do latim e a memorização eram valorizados, enquanto a cartilha e o catecismo moral eram fundamentais na educação.

Referências literárias à educação

Here you can put a highlighted title

If you want to provide additional information or develop the content in more detail, you can do it through your oral presentation. We recommend that you train your voice and rehearse: the best improvisation is always the most worked on!Showing enthusiasm, flashing a smile, and maintaining eye contact with your audience can be your best allies when it comes to telling stories that excite and arouse the interest of the public: 'The eyes, man. They never lie'. This will help you make a 'match' with your audience. Leave them speechless!

-“...a decorar versos, páginas inteiras do «Catecismo de Perseverança»...” (pág.78)

Referências literárias à educação

-“...Que memória! Que memória... É um prodígio!...” (pág.76)

+ INFO

+ INFO

Conclusão

O trabalho aborda a Educação Portuguesa no Século XIX, destacando a necessidade de reforma do sistema educacional. Ele compara a técnica de aprendizagem, enfatizando a importância da compreensão sobre a memorização. Destaca-se o acesso crescente ao conhecimento pelas novas gerações, impulsionando a evolução socioeconômica e tecnológica. Conclui que a educação é fundamental para capacitar os indivíduos na sociedade.

“A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida.”

Obrigado!!

In Genially you will find more than 1,000 ready-made templates for you to insert your content and customize them, which will help you tell your stories.

In Genially you will find over 1,000 ready-made templates for you to insert your content and customize them, which will help you tell your stories.