Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

BEYONCÉ

Horizontal infographics

ALEX MORGAN

Horizontal infographics

GOOGLE - SEARCH TIPS

Horizontal infographics

OSCAR WILDE

Horizontal infographics

NORMANDY 1944

Horizontal infographics

Transcript

Biografias

José Afonso, mais conhecido como Zeca Afonso, é o autor da música chave desta revolução, “Grândola, Vila Morena”. O cantor e compositor, natural do Fundão, começou como professor e revisor do Diário de Coimbra mas sempre teve como grande amor a música. O seu primeiro disco foi “Fados de Coimbra” e em 1963 começou a apresentar os primeiros temas com carácter político, como é o caso de “Vampiros” e “Menino do Bairro Negro”. No ano seguinte, actuou na Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, onde se inspirou para fazer uma das senhas da revolução.

José Afonso

O rosto dos capitães do exército que provocaram o 25 de Abril, Salgueiro Maia nasceu no Alto Alentejo e fez parte de uma companhia dos comandos na Guerra Colonial. O descontentamento nas Forças Armadas com o governo era evidente e o golpe estava a ser preparado desde 1973. Foi neste ano que as reuniões clandestinas começaram mas antes de tudo dar certo, deu errado. O Levantamento das Caldas, a 16 de Março de 1974, falhou mas o mesmo não aconteceu com o grupo liderado por Maia. Sereno e firme, o membro da Escola Prática de Cavalaria (EPC) foi quem escoltou Marcelo Caetano ao avião que o transportaria para o exílio no Brasil.

Salgeiro Maia

Esta pequena florista, de apenas um metro e meio e filha de mãe espanhola, foi a responsável pelo nome que a revolução ganhou. Os militares apanharam nas armas, os políticos fizeram a transição democrática, os jornalistas deram voz e relataram os acontecimentos mas foi ela e os seus simples cravos, as únicas flores que tinha e que colocou nas armas dos militares que estavam no Chiado, que deram nome ao golpe que ia acabar com várias décadas de uma ditadura que era pouco simpática com os filhos de pais solteiros, que era o seu caso. Foi a distribuir flores vermelhas e brancas que entrou para os livros de história

Celeste Caeiro

José Afonso

Salgueiro Maia

Celeste Caeiro