Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

GRETA THUNBERG

Horizontal infographics

FIRE FIGHTER

Horizontal infographics

STEVE JOBS

Horizontal infographics

ONE MINUTE ON THE INTERNET

Horizontal infographics

SITTING BULL

Horizontal infographics

Transcript

MATILDE FERREIRA

CIDADESSUSTENTÁVEIS

sumário

  • Introdução
  • O que são cidades sustentáveis?
  • Principais características e práticas adotadas pelas cidades sustentáveis
  • Benefícios
  • Desafios e barreiras
  • Estudos de caso
  • Quais são as 5 cidades mais sustentáveis em Portugal?
  • Considerações finais
  • Webgrafia

À medida que a urbanização cresce num ritmo acelerado, as cidades enfrentam desafios cada vez mais complexos, que vão desde a degradação ambiental até às desigualdades sociais. Nesse contexto, surge o conceito de cidades sustentáveis como uma abordagem abrangente para enfrentar esses problemas e criar comunidades mais resilientes e justas. Este trabalho explora as características, benefícios e desafios das cidades sustentáveis, destacando exemplos de iniciativas bem-sucedidas e as tendências emergentes que estão a moldar o futuro do desenvolvimento urbano. Ao fazê-lo, procuro entender como podemos colaborar para construir um futuro urbano mais próspero e ambientalmente consciente.

introdução

o que são cidades sustentáveis?

Uma cidade sustentável é aquela que é capaz de integrar o verde no ambiente urbano para reduzir as emissões de CO2 e melhorar a qualidade do ar; impulsionar as energias renováveis para conservar e proteger os recursos naturais; implementar — com sucesso — a mobilidade sustentável e o uso dos transportes públicos; e apostar na economia circular.

  • Ações efetivas voltadas para a diminuição da emissão de gases do efeito estufa, visando o combate ao aquecimento global. ​
  • Medidas que visam a manutenção dos bens naturais comuns.​
  • Planeamento e qualidade nos serviços de transporte público, principalmente utilizando fontes de energia limpa.​
  • Incentivo e ações de planeamento para o uso de meios de transporte não poluentes como, por exemplo, bicicletas.​

Principais características e práticas adotadas pelas cidades sustentáveis:

  • Ações para melhorar a mobilidade urbana, diminuindo consideravelmente o trânsito.​
  • Promoção da justiça social.​
  • Destino adequado para o lixo. Criação de sistemas eficientes voltados para a reciclagem de lixo. Uso de sistema de aterro sanitário para o lixo que não é reciclável.​
  • Aplicação de programas educacionais voltados para o desenvolvimento sustentável.​
  • Investimentos em educação de qualidade.​
  • Planeamento urbano eficiente, principalmente levando em consideração o longo prazo.

  • Favorecimento de uma economia local dinâmica e sustentável.​
  • Adoção de práticas voltadas para o consumo consciente da população.​
  • Ações que visem o uso racional da água e o seu reaproveitamento.​
  • Práticas de programas que visem a melhoria da saúde da população.​
  • Criação de espaços verdes (parques, praças) voltados para o lazer da população.​
  • A agricultura urbana, as hortas comunitárias e o apoio à agricultura local reduzem o impacto ambiental do transporte de alimentos por longas distâncias e fortalecem os sistemas alimentares locais.​
  • Programas voltados para a arborização das ruas e espaços públicos.

Melhoria da qualidade de vida, redução da emissão de poluentes, aumento da resiliência às mudanças climáticas e a promoção da inclusão social e económica.

benefícios

Apesar dos seus inúmeros benefícios, as cidades sustentáveis enfrentam uma série de desafios e barreiras na sua implementação, como a falta de financiamento, a resistência às mudanças, a falta de coordenação entre os órgãos governamentais e a necessidade de superar interesses conflitantes.

Desafios e barreiras

Para ilustrar os conceitos discutidos ao longo do trabalho, apresento uma seleção de estudos de caso de cidades sustentáveis ao redor do mundo. Esses exemplos destacam iniciativas bem-sucedidas e lições aprendidas que podem ser aplicadas em outros contextos urbanos. Entre os casos abordados estão cidades como Curitiba (Brasil), Copenhague (Dinamarca), Portland (Estados Unidos), Saragoça (Espanha), Thisted (Dinamarca), Viena (Áustria) e Freiburg (Alemanha).​

Estudos de caso

quais são as 5 cidades mais sustentáveis em portugal?

LIsboa

Em 2020, Lisboa foi eleita a Capital Verde Europeia devido ao seu compromisso em direção à sustentabilidade. A cidade está em transição para um futuro sustentável, focando-se na eficiência energética e neutralidade de carbono em diversos serviços, como energia, água, mobilidade e resíduos. Lisboa quer ter 25% do seu território ocupado por espaços verdes e pretende economizar 10% do consumo de água por meio da reutilização de água não potável. A autarquia da capital lançou desafios aos moradores para envolvê-los na agenda de mudanças planeaadas até 2030.

Lisboa também está focada em encontrar um equilíbrio no setor do emprego, tanto em termos sociais quanto económicos.O município está empenhado em aumentar as oportunidades de emprego sustentável, priorizando questões como discriminação, qualificação e transparência na oferta e contratação de empregos. Além disso, incentivar a procura ativa por oportunidades é uma meta chave do governo da capital. Essas iniciativas visam promover um ambiente de trabalho mais inclusivo e dinâmico, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico de Lisboa.

cascais

Com o objetivo de se ver transformada numa verdadeira smart city ainda esta década, Cascais tem feito apostas relevantes na concepção e na renovação dos seus espaços urbanos.O desenvolvimento sustentável tem sido, aliás, uma das grandes missões do concelho.​ O município de Cascais quer, por exemplo, reduzir os seus gastos com a iluminação pública e mexer na disponibilidade dos veículos que circulam para assegurar o transporte na cidade. É também uma meta, o desenvolvimento de soluções amplas para o seu território urbano, que priorizem os sistemas de gestão vocacionados para a promoção da eficiência nos mais diversos setores abrangidos pelas energias e pela mobilidade.

porto

O Porto está focado na transição energética, mobilidade e criação de serviços sustentáveis, divulgando anualmente relatórios sobre as suas medidas de sustentabilidade. Em 2021, destacou-se por cumprir as metas da agenda das Nações Unidas para 2030, com investimentos recordes de 315 milhões de euros em 2020. Destaques incluem programas de mobilidade urbana e projetos como Revitaliza Porto e Porto de Tradição, além de iniciativas de cuidado aos sem-teto, alinhando-se com os objetivos da ONU.

Entre as muitas iniciativas que se podem ver no Porto, ganham destaque a aposta na (re)criação de espaços mais verdes e o Porto Energy Hub – que surge para oferecer apoio especializado a projetos que promovam a eficiência energética e as energias renováveis, com o objetivo de mitigar a pobreza energética e promover melhores condições de habitabilidade na região Norte.

guimarães

Também em 2020, a cidade de Guimarães foi distinguida como uma das “100 Cidades Inteligentes” da Europa – um prémio que lhe foi atribuído pela Comissão Europeia.​ Para esta década o município pretende ser um verdadeiro “Laboratório de Futuro” e, para isso, está a trabalhar afincadamente em projetos que visam transformar os doze setores públicos mais desafiantes para os centros urbanos, como o setor das energias, da água, da mobilidade, da habitação, do emprego, dos resíduos, etc.​

aveiro

A cidade de Aveiro também merece o seu devido destaque enquanto uma das cidades mais sustentáveis em Portugal – e muito se deve à iniciativa local “Aveiro Tech City”, que pretende usar a tecnologia como um meio para alcançar melhorias importantes na qualidade de vida dos seus cidadãos, bem como ajudar as suas entidades de governação a ser capaz de recolher e divulgar informação que seja relevante sobre as muitas e novas formas de gerir uma cidade.​ O foco da iniciativa está diretamente relacionado com os temas da sustentabilidade, como são exemplos as áreas da educação, da cultura, do meio ambiente e da mobilidade.​

A promoção da sustentabilidade urbana é essencial para melhorar a qualidade de vida nas cidades. Investir em infraestrutura verde, transporte público eficiente e energias renováveis cria ambientes mais saudáveis e resilientes. Além disso, práticas como reciclagem e consumo consciente impulsionam a economia local e criam empregos verdes. Assim, as cidades sustentáveis ​​promovem a saúde, a prosperidade económica e a qualidade de vida para as gerações presentes e futuras.

Considerações finais

IMAGENS:https://g1.globo.com/ce/ceara/especial-publicitario/unifor/ensinando-e-aprendendo/noticia/2021/08/12/congresso-internacional-ambiente-e-sustentabilidade-sera-realizado-em-setembro.ghtml​https://turisforma.pt/lisboa-nomeada-para-melhor-destino-europeu/​ https://lisboasecreta.co/15-sitios-imperdiveis-em-cascais/​ https://planetofhotels.com/guide/fr/portugal/porto​ https://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Guimar%C3%A3es​ https://www.movingtoportugal.pt/destino-portugal/aveiro-portugal-vantagens-em-escolher-esta-cidade-para-morar/​ https://br.freepik.com/fotos/cidade-sustentavelhttps://www.pinterest.pt/search/my_pins/?q=cidades%20sustentaveis&rs=typed

TEXTO/INFORMAÇÃO:https://www.iberdrola.com/sustentabilidade/cidades-sustentaveishttps://missao.continente.pt/blog/artigos/exemplos-de-cidades-sustentaveis/https://www.suapesquisa.com/ecologiasaude/cidades_sustentaveis.htmhttps://goldenergy.pt/blog/mais-abertos-do-que-nunca/cidades-sustentaveis-em-portugal/https://chat.openai.com/c/7889b116-dbb7-4228-91ab-886ce286ce2c

Webgrafia