Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

BÁRBARA CARRILHOCláudia PascoaLDorinda roqueSofia AnacletoFormadora: ana motaufcd 11013 - Estudo e análise de mercado

A BOLEIMA DE PORTALEGRE

Análise SWOT do grupo

Resultado do Inquérito

Amostra do Questionário

Visão estratégica

Objetivos a Atingir

Contextualização Micro Ambiental

Contextualização Macro Ambiental

Definição e Formulação do Problema

A Boleima de Portalgre: O que é?

Introdução

índice

Para este trabalho, decidimos escolher o produto regional a “Boleima de Portalegre” porque é um produto que todos os elementos do grupo conhecem e com o qual estão familiarizados. É um produto com muita procura e já existem muitos fornecedores diferenciados e com variações da receita principal. Neste momento, é um produto com procura a nível nacional e, quem sabe, talvez mesmo internacionalmente, graças aos turistas e visitantes das regiões do Alto Alentejo.

INTRODUÇÃO

A Boleima de Portalegre é um doce típico alentejano, mais propriamente do distrito de Portalegre.Este doce surgiu como uma forma de reaproveitar as sobras da massa do pão de trigo. Foram-se depois acrescentando ingredientes, de forma a torná-lo menos "seco".Apesar da receita original ter origem em Portalegre, cada uma das regiões pertencentes a este distrito tem a sua própria adaptação da receita principal, adicionando-lhe noz, maçã, etc.

A BOLEIMA DE PORTALEGRE: O QUE É?

Definição e Formulação do Problema

Definição e Formulação do Problema

Durante a nossa investigação, constatámos que a Boleima de Portalegre é altamente apreciada e procurada.Assim, vimos aqui uma oportunidade de negócio com a difusão do produto a todo o território nacional visto agora ser comercializada apenas em território alentejano.Foi com esse intuito que surgiu a necessidade de criar este estudo de mercado.

+ info

ContextualizaçãoMacro Ambiental

Fatores PolÍtico-legais

  • De momento, devido à situação política atual, avançar com o projeto poderá trazer riscos. De momento, em Portugal, existe uma grande instabilidade política, o que torna a expansão não favorável, pelo menos de momento.
Fatores Económico-financeiros
  • Apesar do objetivo ser expandir a nivel nacional, as guerras que estão a ocorrer em território internacional têm influência, nomeadamente no custo dos materiais (por exemplo, os cereais). Neste momento, o poder de compra dos consumidores está a diminuir devido à crise financeira que o país atravessa.
Fatores Socio-Culturais
  • Devido a tratar-se de um produto regional, os consumidores fora desta área geográfica não conhecem o produto e podem não ponderar o mesmo como sendo necessário ou um produto a considerar na sua lista de produtos do dia-a-dia ou de primeira necessidade, dando preferência a um produto que já conhecem ou com o qual estejam familiarizados. No entanto, não podemos esquecer que os turistas, a nível nacional, são grandes apreciadores deste produto, o que é um fator bastante positivo a ter em conta.

+ info

Fatores tecnológicos

  • Com a evolução da tecnologia, as pessoas ficam com mais conhecimento de outros produtos por todo o território nacional e não apenas aqueles das suas áreas de residência. Isso promove a curiosidade de experimentar outros sabores e produtos, nomeadamente, a Boleima de Portalegre.
Fatores Ecológicos
  • Sendo um produto regional, a sua produção não causará um grande impacto ambiental. Quanto à distribuição, sendo que será usada uma rede de distribuição já existente, o impacto também não será de grandes dimensões.
Concorrência
  • Para além de outras receitas variantes da receita principal da Boleima, poderemos também considerar como concorrência outros doces regionais portugueses (por exemplo, as queijadas da Serra da Estrela), outras opções de sobremesa (como é o caso de toucinho do céu, etc.) e produtos de confeitaria artesanal (tal como o bolo finto).

+ info

Consumidores

  • Na nossa opinião, os possíveis consumidores poderão ser:
- residentes da região que conhecem e são apreciadores da tradicional Boleima;- turistas que se interessam por experimentar a gastronomia local e procuram novas experiências degustativas;- interessados em gastronomia que gostam de explorar e provar diferentes sabores e produtos autênticos;- clientes gourmet que não se importam de pagar mais por produtos com qualidade mais elevada e que dão valor aos ingredientes e técnicas tradicionais;- pessoas que procuram um presente ou uma lembrança para amigos ou família.

+ info

ContextualizaçãoMicro Ambiental

Segmentação

  • Demográfica: Apreciada por jovens, adultos e idosos, de ambos os sexos e de todos as classes e escalões sociais.
  • Geográfica: Residentes da região, turistas e moradores de outras regiões.
  • Comportamental: Ideal para lanches rápidos, sobremesas ou eventos especiais. Existem clientes que compram frequentemente por tradição e outros que compram apenas para ocasiões especiais. Por ser de receita única, os consumidores são leais à boleima autêntica e original.
Posicionamento
  • Iguaria tradicional da região de Portalegre, apreciada pela sua massa simples recheada com uma mistura de açúcar e canela.
Destaca-se pela combinação de sabores e texturas e é uma excelente opção para quem procura uma sobremesa deliciosa mas ao mesmo tempo autêntica.É isto que faz com que esta iguaria de destaque e torne única em relação a outros doces regionais.

+ info

Análise SWOT

  • Forças (Strenghts)
- Tradição;- Sabor único;- Receita exclusiva;- Identidade regional.
  • Fraquezas (Weaknesses)
- Limitação geográfica devido às limitações de logística e de distribuição;- Dependência sazonal;- Falta de diversificação.
  • Oportunidades (Opportunities)
- Expansão de mercado através de parcerias ou vendas online;- Diversificação de produtos (novos sabores);- Turismo gastronómico (atração única);- Regulamentações sanitárias e de qualidade.
  • Ameaças (Threats)
- Concorrência (outros produtos de confeitaria);- Mudanças nas preferências dos consumidores;

+ info

Qualidade do Produto

Aumento de Lucros

Expansão do Mercado

Objetivos a Atingir

Em relação à expansão do mercado, ao fazer uma parceria com o supermercado, poderíamos garantir que a distribuição do produto é feita de acordo com todas as normas de distribuição alimentar, mantendo a qualidade do produto e, consequentemente o custo, tanto para a empresa como para o comprador final.

Expansão do Mercado

Aumento de Lucros

Este produto já está bem enraizado a nível regional e produz lucro para a empresa.Ao expandir a nível nacional, o expectável é que os lucros continuem a aumentar, ao mesmo tempo que se dá a conhecer o produto a outras regiões.

+ info

Qualidade do Produto

O produto é conhecido pela sua qualidade.Ao expandir, e criando a parceria com a cadeia de distribuição de supermercados, podemos garantir que o produto é distribuído de forma correta sem comprometer a sua qualidade final, que os seus consumidores conhecem e estão acostumados.Com esta parceria, não iríamos interferir na produção do produto, ou seja, não haveria interferência na sua qualidade final.

+ info

VisãoEstratégica

De modo a difundir e dar a conhecer a nossa proposta de negócio, temos como opção a criação de expositores de degustação, que serão expostos estrategicamente em várias das lojas pertencentes ao nosso futuro parceiro de negócios.O objetivo será dar a conhecer e a provar o nosso produto com miniaturas do mesmo, ao mesmo tempo que será pedido a quem participar nesta prova, que responda a um breve questionário sobre a experiência, o seu conhecimento do produto e a proposta de negócio de modo a que possamos ter uma breve noção dos hábitos de consumo e necessidades da população.O público-alvo desta exposição serão todos os grupos etários a partir dos 18 anos, sexo masculino e feminino e todas as classes e escalões sociais.Ao realizar este estudo nas lojas do nosso futuro parceiro, estamos a dar a conhecer e a dar visibilidade ao parceiro, assim como provar / mostrar como a nossa futura parceria pode ser vantajosa para ambas as partes.

Amostra do Questionário

Para este inquérito, foram considerados 12 participantes de ambos os sexos, de faixas etárias compreendidas entre os 15 e os 45 anos, de diferentes regiões de Portugal e pertencentes a diferentes classes e escalões sociais.Este estudo foi realizado na região do Alentejo, no entanto, e tendo em conta que foi realizado num supermercado, o público-alvo era também proveniente de outras regiões de Portugal.Foi perguntado aos inqueridos a sua idade, sexo e região de residência. Foi-lhes também perguntado se já conheciam o produto e, depois de provar as nossas amostras, qual a sua opinião em relação ao mesmo.Foi exposto a intenção da equipa de expandir o negócio a outras regiões de Portugal e foi perguntado aos participantes do estudo se, na sua opinião, esta expansão de negócio seria viável ou não.Por fim, foi pedido aos participantes que classificassem de 0 a 5 a possibilidade de recomendarem este produto a um amigo ou familiar.O estudo foi bem recebido pela população, que não mostrou relutância em participar.

ResultadodoInquérito

Análise dos gráficos

Analisando detalhadamente o inquérito podemos observar que:- Em relação à primeira pergunta (idade), podemos concluir que os inquiridos estão inseridos nas faixas etárias entre os 15 e os 45 anos.- No que toca à segunda pergunta (sexo), responderam ao inquérito 3 pessoas do sexo masculino e 9 do sexo feminino.- Na terceira pergunta, em relação à região de residência, temos 3 pessoas da zona Centro, 1 da zona de Lisboa e 8 da zona do Alentejo.- Na quarta pergunta, sobre se conhecia o produto, todos os inquiridos responderam afirmativamente.- Tal como na pergunta anterior, na quinta pergunta (se gostou do produto), todos responderam afirmativamente.- Na sexta pergunta, sobre a expansão do negócio e a sua viabilidade, apenas um inquirido respondeu negativamente.- Na sétima e última pergunta, para classificar de 0 a 5 o quão recomendaria este produto, uma pessoa respondeu que talvez recomendasse, três pessoas responderam que recomendariam, e oito pessoas responderam que recomendariam certamente.

VIÁVEL

Visto que a maioria das respostas foi favorável em relação à qualidade do produto e também em relação à expansão do mercado, e após análise intensiva do inquérito, chegámos à conclusão de que seria viável a expansão do mercado através da parceria com a cadeia de supermercados, tal como estava previsto.

Análise SWOTdo grupo

- Conexão à internet;- Falta de comparência.

Ameaças

Oportunidades

Fraquezas

Forças

- Boa interação entre o grupo;- Facilidade de comunicação;- Empatia e determinação.

- Falta de participação de um dos elementos do grupo.

Análise SWOT - Grupo

Durante a realização deste trabalho, o grupo enfrentou alguns desafios, no entanto, conseguiu superá-las sem grandes dificuldades.Assim sendo, a análise SWOT do grupo é a seguinte:

- Facilidade de escrita;- Conhecimento sobre o tópico;- Conhecimento de línguas.

Webgrafia

Webgrafia

https://www.onlinepesquisa.com/?url=result_det&uid=3195557https://www.google.com/search?q=boleima+de+portalegre&tbm=isch&ved=2ahUKEwiJ8OnzrZSFAxUeTKQEHbKYCSAQ2cCegQIABAA&oq=boleima+de+portalegre&gs_lp=EgNpbWciFWJvbGVpbWEgZGUgcG9ydGFsZWdyZTIEECMYJ0iAC1DvCVjvCXAAeACQAQCYAWCgAWCqAQExuAEDyAEAAEBigILZ3dzLXdpei1pbWeIBgE&sclient=img&ei=mgUEZom7BZ6YkdUPsrGmgAI&bih=730&biw=1536&prmd=ivnbz&rlz=1C1VDKB_pt-PTPT1095PT1096https://tradicional.dgadr.gov.pt/pt/cat/doces-e-produtos-de-pastelaria/162-boleimahttps://expresso.pt/boa-cama-boa-mesa/2021-03-10-Rica-pobre-com-maca-ou-nozes-conheca-a-Boleima-um-icone-da-docaria-do-Alto-Alentejo-6c1d33b4