Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

capítulo X

As corridas no Hipódromo

Afonso Patrão, Miguel Mota, Rodrigo Sá

Esto es un párrafo listo para contener creatividad, experiencias e historias geniales.

  • A presença do provincianismo português é o único fator que proporciona entretenimento para os espectadores;
  • Cenas de pugilato e discussão evidenciam a falta de civismo da burguesia portuguesa;
  • Os comportamentos e o vestuário são artificiais e desajustados;
  • Episódio satírico
  • A burguesia portuguesa pretende imitar o estilo de vida da alta sociedade inglesa e francesa, menosprezando a tradição portuguesa;

No contexto da obra:

Capítulo: XCrítica dos Costumes

Alto nivel de cultura e postura.Foi a unica mulher a sentar-se junto dos homens, divertindo-se

D.Maria da Cunha:

Poeta romântico, falso moralista e incoerente no que diz.Representa a vaidade e foi sempre cortês durante o evento.

Tomás de Alencar:

Condessa de Gouvarinho:

Personagens

Imoral, sem escrúpulos e futil.Representa os comportamentos desajustados das senhoras.

Point 1

Realidade:

Isto é um país que só suporta hortas e arraiais... Corridas, como muitas outras coisas civilizadas lá de fora, necessitam primeiro gente educada. No fundo, todos nós somos fadistas! Do que gostamos é de vinhaça, e viola, e bordoada, e viva lá seu compadre! Aí está o que é! [...]

Vaidade:

Excertos e atualidade da crítica

No recinto em declive, entre a tribuna e a pista, havia só homens, gente do Grémio, das secretarias e da Casa Havanesa; a maior parte à vontade, com jaquetões claros, e de chapéu-coco; outros mais em estilo, de sobrecasaca e binóculo a tiracolo, pareciam embaraçados e quase arrependidos do seu chique. [...]

Obrigado!

Esto es un párrafo listo para contener creatividad, experiencias e historias geniales.