Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Homero Odisseia

Publicações Europa-América

Livros de bolso

Índice

Quem foi Homero?

1

Informações sobre o livro

2

Opinião dosleitores

3

SINOPSE

4

Estrutura da obra

5

Análise da obra

6

Pag. XX

Pag. XX

Pag. XX

Pag. XX

Pag. XX

Pag. XX

Homero

Que narram as aventuras dos heróis gregos da guerra de Troia e que tiveram grande influência na literatura ocidental.

Poeta épico grego que, segundo Heródoto, viveu nos anos 900 a. C., autor das duas maiores epopeias da Humanidade - a Ilíada e a Odisseia.

Os historiadores e pesquisadores da antiguidade, não chegaram a uma conclusão se Homero existiu de verdade ou se era um personagem lendário, pois não há provas da sua existência.As obras podem ter sido escritas por outros escritores da antiguidade ou apenas compilações de tradições orais do periodo.

Informações sobre o livro

Editor: Publicações Europa-América Data de Lançamento: abril de 1980

Páginas: 264

Coleção: Livros de Bolso / Europa AméricaClassificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia

"

Opinião dos leitores

Rui Maia

A obra Odisseia, é uma obra vasta, complexa e fruto de diversas interpretações que decorrem da sua divisão. Julgo que o mais importante a salientar nesta obra, são os tormentos por que passa o Homem, na sua viagem enquanto perdido na vida, como é o caso, e o regresso ás suas origens. Obra poética, é mais «rude» a forma como se regressa, ao invés da poesia mais afável da partida; a ilíada.

SINOPSE

Ulisses, herói grego conhecido pelos seus dons de raciocínio e discurso, tenta navegar até casa depois da vitória na guerra de Troia. Atormentado por Poseidon, deus dos mares, e protegido por Atena durante toda a jornada, enfrenta vários obstáculos e perigos, tentando voltar para Ítaca e para os braços da mulher, Penélope.

Estrutura da obra

  • A Odisseia é um poema épico, dividida em 24 cantos, é composta por 12 mil versos, hexâmetros, de 13 a 17 sílabas.
  • Os textos deste gênero literário foram criados com o intuito de serem recitados e transmitidos através da oralidade, para conquistar a atenção e despertar as emoções dos ouvintes.

Estrutura da obra

No poema, podemos identificar três grandes passagens:

  • A primeira, conhecida por Telemaquia (cantos I a IV), narra as interações da deusa Atena com o jovem Telémaco;

  • A segunda foca-se na viagem de Ulisses (cantos IX a XII), quando o herói conta ao rei dos obstáculos fantásticos que enfrentou até ali;

  • A terceira passagem é a maior e trata-se da vingança de Ulisses (cantos XIII até XXIV) quando consegue regressar a Ítaca.

Estrutura da obra-personagens principais

UIisses

Penélope

Telémaco

Nausícaa

Alcínoo

Humanos

É o personagem principal da obra, um herói pouco convencional que tenta solucionar os problemas através da lógica e da retórica, não através da violência. Apesar de todas as dificuldades, revela um espírito resiliente e nunca desiste de reencontrar a sua família.

É a esposa de Ulisses, que fica responsável por governar Ítaca e criar Telémaco durante a ausência do marido. Quando todos assumem que ficou viúva, dezenas de pretendentes invadem o seu palácio na esperança de casar com ela. Penélope inventa um esquema para enganar a todos e manter a fidelidade ao marido.

É a princesa dos Feaces, que encontra Ulisses nas margens do rio, em pose suplicante. Embora primeiro assuste-se com a presença do desconhecido, fica com pena dele e decide ajudá-lo a entrar na cidade e no palácio de seus pais.

É o rei dos Feaces, para quem Ulisses narra todas as suas desventuras. O rei concorda em prestar auxílio, enviando o protagonista em uma nau até Ítaca e desafiando a ira de Poseidon, deus dos mares.

É o filho de Penélope e Ulisses, que era apenas uma criança quando o pai partiu. A ver o palácio invadido pelos pretendentes da mãe, parte em busca de notícias do pai e amadurece ao longo da narrativa, guiado pela deusa Atena.

Estrutura da obra-personagens principais

Divinos / Fantásticos

Zeus

Atena

Poseidon

Hermes

Calipso

Circe

Na mitologia grega, é o deus supremo, pai de todos os deuses e chefe do Olimpo. Na obra, procura manter a paz entre as divindades que lutam para determinar o destino de Ulisses.

Na mitologia, é filha de Zeus, deusa da sabedoria, da justiça e da estratégia. Defensora de Ulisses até o final, acha que ele merece regressar a Ítaca, ajuda o herói e seu filho durante toda a aventura.

Irmão de Zeus, é o deus dos mares que declara guerra a Ulisses quando ele cega o seu filho, Polifemo, o ciclope. Através de tempestades, naufrágios e criaturas monstruosas, dificulta cada passo da sua jornada.

É o mensageiro dos deuses, que desce ao mundo dos humanos várias vezes para anunciar a vontade dos céus. É ele que resgata Ulisses da ilha de Calipso e que ensina-lhe a livrar-se do encantamento de Circe.

É uma ninfa que vive solitária em uma ilha onde Ulisses vai parar depois do naufrágio. Com o guerreiro como refém, faz de tudo para conquistar o seu amor, chegando a prometer a imortalidade, mas nada funciona.

É uma feiticeira, filha do Sol, que vive na ilha de Eana. Conhecida pelos seus encantamentos e poções, transforma os homens da tripulação de Ulisses em porcos, mas acaba por ajudar o herói.

Para acabar

Uma obra imortal que resistiu à erosão dos séculos e chegou até nós como um dos mais preciosos legado da Antiguidade.Um poema que tem o encanto de um romance de aventuras, e cujo o herói personifica as qualidades marcantes do povo grego: a audácia aventurosa, a habilidade, a coragem, a paciência.``Nada há tão puro como Homero...Ele é o maior. É o mais antigo.É o patrono. É o pai. É o mestre de tudo o que alguma vez houve de maior no mundo, o familiar.´´

Obrigada!

Espero que tenham gostado