Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

TSPTTranstorno de Stress Pós-Traumático

By Daniela Abreu Almeida

Introdução

Durante este trbalho eu irei falar sobre o transtorno de stress pos- traumatico um transtorno mental o qual é muitas mal entendido, podendo muitas vezes visto como uma fraquesa ou que desaperase sem mais nem menos, por isso eu hoje vou abordar o que é TSPT ?, os seus sintomas, o seu diagnostico e o seu tratamento.

-Acidentes de transito-Guerra-Agressão sexual -Outro tipo de Ameaças

A perturbação de stress pós-traumático (PSPT) é uma perturbação mental que se pode desenvolver em resposta à exposição a um evento traumático, como :

A pessoa pode ter dificuldade em adormecer ou em se concentrar. Ela podeencontrarse vigilante quanto à presença de sinais de alerta de risco. É possível que a pessoa se torne menos capaz de controlar suas reações, resultando em comportamento imprudente ou ataques de raiva.

Mudanças no estado de alerta e reações

Elas podem, inclusive, tentar evitar pensamentos, sentimentos ou conversas sobre o evento traumático.

Pessoa sevitam de maneiras persistente tudo de atividades, situações á pessoas que possa recordá-las dos traumas.

O evento traumático pode reaparecer repetidamente em forma de memórias indesejadas involuntárias ou pesadelos recorrentes. Algumas pessoas têm flashbacks, durante os quais elas revivem os eventos como se eles estivessem realmente acontecendo em vez de simplesmente se lembrarem deles.

Sintomas

Sintomas de introsão.

Sintomas de evitação

Diagnostico

- A pessoa foi exposta direta ou indiretamente ao evento traumático.- Os sintomas têm ocorrido por um mês ou mais. - Os sintomas causam angústia significativa ou prejudicam o desempenho de atividades de modo significativo. - A pessoa apresenta alguns sintomas de cada uma das categorias de sintomas associados ao TEPT

Avaliação de um médico com base em critérios de diagnóstico psiquiátrico padrão, dado quando:

Medicação

Psicoterapia

Cuidados pessoais

Tratamento

Os cuidados pessoais são fundamentais durante e após uma crise ou trauma. Os cuidados pessoais podem ser divididos em três componentes: - Segurança pessoal - Saúde física - Atenção plena

Cuidados pessoais

A segurança pessoal é fundamental. Depois de um único evento traumático, as pessoas conseguem processar a experiência melhor quando sabem que elas e seus entes queridos estão seguros. No entanto, pode ser difícil estar completamente seguro durante crises em andamento, tais como violência doméstica, guerra ou uma pandemia infecciosa.

Segurança Pessoal

Atenção plena

Uma abordagem com atenção plena aos cuidados pessoais visa reduzir os sentimentos de estresse, tédio, raiva, tristeza e isolamento que as pessoas traumatizadas normalmente apresentam. Se as circunstâncias permitirem, os indivíduos sob risco devem criar e seguir um cronograma diário normal, como, por exemplo, levantar-se, tomar banho, vestir-se, etc.

Saúde física

A segurança pessoal é fundamental. Depois de um único evento traumático, as pessoas conseguem processar a experiência melhor quando sabem que elas e seus entes queridos estão seguros. No entanto, pode ser difícil estar completamente seguro durante crises em andamento, tais como violência doméstica, guerra ou uma pande

As técnicas de controle do estresse, como respiração e relaxamento, são importantes. Os exercícios que reduzem e controlam a ansiedade (por exemplo, ioga, meditação) podem aliviar os sintomas, além de preparar a pessoa para o tratamento que envolve a exposição estressante a memórias do trauma.

A terapia cognitivo-comportamental focada em trauma é o tratamento mais eficaz para o TEPT. Essa forma de terapia, que também é eficaz para o transtorno de estresse agudo, inclui orientação sobre a natureza do estresse e a resposta do corpo/mente a ele, modificando o pensamento sobre o evento traumático e as respostas a ele e passando por uma exposição terapêutica cuidadosamente guiada às memórias da experiência traumática.

Psicoterapia

Psicoterapia

Na terapia de exposição, o terapeuta pede à pessoa afetada que imagina estar nas situações associadas ao trauma anterior. Por exemplo, o terapeuta pode pedir à pessoa que imagine que está visitando o parque em que foi agredida. É possível que o terapeuta ajude a pessoa a reimaginar o próprio evento traumático. Devido à ocorrência de ansiedade, muitas vezes intensa, associada às memórias traumáticas é importante que a pessoa realizando a terapia sinta que tem apoio e que a exposição avance no ritmo certo.

Medicamentos costumam ser usados quando um quadro clínico concomitante é identificado juntamente com o TEPT. Da mesma forma, medicamentos antipsicóticos (como haloperidol ou aripiprazol) são usados quando sintomas psicóticos são encontrados juntamente com o TEPT.

Medicação

Em conclusão o Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é um transtorno muito mal entendido por terceiros mas eu acredito que após abordar os sintomas, tratamento e diagnóstico do mesmo, dando assim a conhecer e compreender melhor o transtorno e os desafios que o mesmo proporciona para com as pessoas que sofrem com o transtorno.

Conclusão