Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

"Luta" intemporal entre pais e filhos

"Conversas de pai e filha"

Projeto de Leitura

Pedro Baião e Laura Bagulho11.ºCT2

- Vais hoje dar a mão de esposa a teu primo Baltasar, minha filha. É preciso que te deixes cegamente levar pela mão de teu pai. Logo que deres este passo difícil, conhecerás que a tua felicidade é daquelas que precisam ser impostas pela violência. Mas repara, minha querida filha, 35 que a violência de um pai é sempre amor. Amor tem sido a minha condescendência e brandura para contigo. Outro teria subjugado a tua desobediência com maus tratos, com os rigores do convento, e talvez com o desfalque do teu grande património.

01. Amor de perdição

Excerto - Cap. IV (pág. 183)

Tirar Inês ao mundo determina, Por lhe tirar o filho que tem preso,Crendo co sangue só da morte ladina Matar do firme amor o fogo aceso. Que furor consentiu que a espada fina, Que pôde sustentar o grande peso Do furor Mauro, fosse alevantada Contra hûa fraca dama delicada?

02. Os Lusíadas

Excerto - OS Lusíadas, ep. Inês de Castro

De outras belas senhoras e PrincesasOs desejados tálamos enjeita, Que tudo, enfim, tu, puro amor, desprezas, Quando um gesto suave te sujeita. Vendo estas namoradas estranhezas, O velho pai sesudo, que respeita O murmurar do povo e a fantasia Do filho, que casar-se não queria,

Reflexões destas obras para o dia-a-dia