Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Docente: Luiza Almeida

realizado por Ana Rocha

1922

Turma: 12ºEDisciplina: Português
Indicação Bibliográfica

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Índice

Ano de publicação: 2010

Idioma: Inglês

Nº de páginas: 154

Género: Ficção e terror psicológico

Autor: Stephen King

Título: 1922

Indicação bibliográfica

1980
2007
1976
2019
2017

Outras obras de Stephen King

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

É original dos EUA, Portland, Maine.

Stephen King nasceu a 21 de setembro de 1947.

O seu primeiro sucesso foi "Carrie"

É casado com Tabitha King, pois foram colegas na faculdade.

Stephen desenvolveu uma grande dependência com o álcool

Biografia do autor

Stephen Edwin king

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Sinopse da obra

Sinopse da obra

Trailer do filme

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Apreciação Crítica

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Esposa do protagonista.

É o protagonista.

personagens

Wilfred james

Arlette James

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Como por exemplo, usarem uma vaca da sua quinta para poderem de certa forma esconderem o corpo da mesma.

Nesta cena não foi só a maneira desumana com que eles decidiram livrar-se do corpo,

O assassinato de Arlette

O enterro do corpo

Momentos mais relevantes

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Embora esta obra seja original é em simultâneo previsível pois nas obras de terror existe sempre um estereótipo.

A qualidade da narrativa, pois é bem trabalhada e evolvente , ou seja, a história devido aos detalhes e á linguagem, sobretudo com o uso de metáforas, pois enriquece a parte literária.

Este livro é bastante complexo, pois consegue criar um ambiente de tensão

Pontos negativos
Pontos positivos
Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

(Excerto retirado da página 02)

PASSAGEM

“ I belive that there is another man inside of every man, a stranger, a Conniving Man. And I belivie that by March of 1922(...) the Conninving Man inside Farmer Wilfred James had already passed the judgment on my wife and decided her fate.”

Indicação Bibliográfica

Índice

Momentos mais relevantes da narrativa

Conclusão
Passagens que mais me marcaram
personagens
Aspetos positivos e negativos
Apreciação crítica
Sinopse
Biografia do autor

Concluindo, este livro ao abordar temas sobre o psicológico do ser humano, retrata de forma clara como as nossas emoções nos podem levar a fazer escolhas que iram sempre ter consequências, ou de forma positiva ou de forma negativa

CONCLUSÃO

Turma: 12ºEDisciplina: Português

Docente: Luiza Almeida

obrigada pela atenção

O autor utilizou o calão o que dificultado assim a minha leitura e como muitas das vezes pois é complicado traduzir certas expressões.

Esse foi o momento que mais me cativou, não pela a cena em si, mas sim pela descrição do autor

Após a fuga de Henry, Wilfred começa a ter bastantes problemas psicológicos

Wilfred com a ajuda do filho Henry, elabora um plano para assassinar sua esposa, Arlette.

Este livro, narra a história de um fazendeiro chamado Wilfred James, que em 1922 vive em Nebraska.

Mas com essa decisão acabam, ambos por ter um fim bastante infeliz.

Henry com a culpa e o remorso, decide fugir, e começar uma nova vida com sua namorada Shannon

Wilfred começa a ter também alguns problemas de saúde, perdendo a sua mão esquerda devido a uma infeção.

Fazendo com que os leitores sintam uma certa ansiedade, o que cria uma vontade imensa de querer continuar com a leitura.

À medida que a culpa e o remorso começam a consumir-lo, ele começa a duvidar de sua própria sanidade.

Wilfred narra os eventos da sua vida num diário, onde revela todos os seus pensamentos obscuros e justificações, confessando assim todos os seus crimes.

No geral esta obra é bastante cativante pois é complexa, enigmática e aborda temas bastante interessantes como o nosso psicológico, mostrando que muitas vezes a nossa mente pode ser o nosso maior inimigo. Como o livro mergulha em temas mais sombrios, e isso é uma temática que capta a minha atenção consegui fazer um leitura rápida.

Eu consegui também entender dessa citação que as nossas emoções fazem nos agir de forma diferente, fazem com que nós façamos escolhas imorais para podermos alcançar os nossos objetivos e desejos.

Todos nós temos um lado que não mostramos ao mundo, o mesmo que é ocultado e muitas das vezes nem nós sabemos da sua existencia ou como controla-lo.

Curiosidade

O seu “lado negro”, tem origem num dos traumas que sofreu em criança, pois viu um amigo seu a ser atropelado por um comboio e isso influenciou de certa forma a sua escrita.

Arlette foi um elemento chave na narrativa pois ela, no desenrolar da história vai atormentado a vida de Wilfred, para que o mesmo sinta remorso e culpa por tudo o que lhe fez.

Arlette James, que é caracterizada como uma mulher forte e que está decidida a seguir em frente com a sua vida

O filme acaba no ano de 1930, com Wilfred, num motel, pondo um fim à sua confissão, acabando por morrer de forma inesperada.

Pela negativa, Wilfred é também bastante manipulador e isso é notável pelo facto dele corromper o filho.

Wilfred destaca-se na narrativa pois o mesmo gradualmente começa a ficar paranoico.

Ele é retratado como um homem multifacetado, que ao longo da história começa a tornar-se num homem perturbado