Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

O desporto como meiode Inclusão Social

O desporto é um fenômeno social complexo que possui diversas características que impactam a sociedade de várias maneiras e em diferentes espaços, se tratando de um direito de qualquer cidadão e acessível a todos, independente de suas habilidades ou preferências, e constituindo valores éticos e de inclusão social.O desporto exerce influência e impacta a sociedade em diversos meios de forma geral, abrangendo diversos setores como por exemplo:

A influência do desporto como um mecanismo social

A Inclusão social é o conjunto de medidas focadas em oferecer á todas as pessoas os mesmos direitos e oportunidades, independente do gênero, classe social, orientação sexual, cor da pele ou deficiência física. O objetivo dessas ações é combater a exclusão dos grupos marginalizados e que geralmente acabam por não usufruir de seus direitos como um cidadão, garantindo direitos básicos e igualitários à esses grupos de forma geral dentro da sociedade, fazendo com que se sejam incluídos e aceitos em ambientes sociais.

Oque é inclusão social?

O desporto é, em princípio, um meio social que potencializa a inclusão e integração entre todas as camadas da sociedade, encorajando a cooperação, promovendo a tolerância e o respeito mútuo entre todos, independentemente de classe social, origens, gênero ou limitações.Utilizando o princípio de igualdade, o desporto pode ajudar à quebrar barreiras sociais e reduzir estereótipos, permitindo que os indivíduos se sintam valorizados e aceitos em um ambiente livre de preconceitos e estigmas.

Como o desporto atua na inclusão social

Desporto adaptado para pessoas deficientes

O início dos desportos adaptados para os deficientes surgiu no século XX com modalidades voltadas para os deficientes auditivos. A partir do ano de 1920, passaram a incluir outros tipos de deficiências e, com isso, as modalidades esportivas começaram a ser adaptadas. A adaptação de quadras, campos, arenas e dos acessos aos espaços são apenas alguns dos recursos para proporcionar práticas seguras e inclusivas. Por outro lado, as modalidades podem ser classificadas em individuais e coletivas; de acordo com o tipo de deficiência (visual, auditiva, físicas e cognitivas); ou conforme o grau da deficiência.

GOLEIRO - no futebol de 5, o goleiro é um atleta sem deficiência que orienta os jogadores da defesa, além de defender a baliza.
PILOTO - no ciclismo, a bicicleta possui dois bancos e dois pedais, onde o ciclista se senta atrás e um profissional sem deficiência guia a bicicleta.
CHAMADOR - no futebol de 5, há um profissional na área da baliza designado á orientar os jogadores para que consigam se localizar e finalizar o gol.
ATLETA-GUIA - no atletismo, há uma pessoa sem deficiência que corre ao lado do competidor.
TAPPER - na natação, há um equipamento denominado Tapper, um bastão com uma bola de espuma na ponta, utilizada por um técnico que guia os atletas de um lado á outro da piscina.

Profissionais que ajudam os atletas com deficiência visual

Jogos Paralímpicos

Os desportos paraolímpicos são modalidades esportivas reajustadas conforme as características dos competidores. As regras do desporto, as dimensões da área de jogo, entre outros, são adaptadas para pessoas com deficiência, por exemplo: o basquetebol ou a esgrima são jogados em cadeiras de roda, o voleibol é praticado sentado, e o tamanho do campo de futebol é reduzido.

Paraolimpíadas é a versão adaptada dos Jogos Olímpicos para atletas com deficiência física, sensorial ou intelectual. A primeira competição do tipo foi organizada em 1948 por Ludwig Gutmann, porém apenas foram oficializadas em 1960, na primeiros Jogos Paraolímpicos, em Roma.
O desporto combate ás desigualdades sociais em várias camadas da sociedade, incluindo na parte mais carente, como nas zonas periféricas, por meio do incentivo ás práticas e desenvolvimentos de habilidades que podem assegurar uma vaga no mercado de trabalho no futuro, assim como também gera empregos. O desporto também disponibiliza de programas de inclusão social para as pessoas de baixa renda, que não tem condições de pagar por um ensino privado, incentivando á pratica e a socialização, levando o desporto ás pessoas que geralmente são excluidas de algo básico.

O desporto no combate à pobreza

Federação Internacional do Esporte para Amputados e Cadeirantes
Federação Internacional do Desporto para Cegos
Associação Desportiva para Deficientes (ADD)
Instituto Projeto Neymar Jr.
Football For Unity
Fundación Leo Messi

Sporting Equals

Instituto Bola Pra Frente

Comité Paralímpico Internacional

Associação Desportiva e Recreativa Internacional de Paralisia Cerebral

Instituições Desportivas Inclusivas

Luiza Elen e Maria Eduarda 12B

Obrigada!!

O desporto tem um impacto significativo na economia, gerando empregos diretos e indiretos, estimulando o turismo e impulsionando setores como o comércio, o turismo e a mídia esportiva.

Economia

Pode transmitir valores como fair play, trabalho em equipe, disciplina, perseverança e respeito. Esses valores são importantes não apenas dentro da prática esportiva, mas também na vida cotidiana.

Valores e ética

promove a atividade física e um estilo de vida saudável, desempenhando um papel importante na promoção da saúde e no combate ao sedentarismo, ajudando a prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Saúde e bem-estar

O desporto proporciona entretenimento e emoção para os espectadores, permitindo que eles se envolvam emocionalmente com as competições. Os jogos e eventos esportivos podem ser uma fonte de alegria, diversão, servindo até mesmo de válvula de escape para as pessoas.

Entretenimento e emoção

União e identidade

O desporto tem o poder de unir pessoas de diferentes origens e culturas, criando um senso de identidade e pertencimento em torno de equipes ou atletas favoritos. Isso pode fortalecer os laços sociais e promover a coesão comunitária, valorizando o respeito e o entendimento entre as pessoas.

A participação no desporto pode contribuir para o desenvolvimento pessoal e social dos indivíduos, ensinando habilidades como liderança, cooperação, resiliência e autoconfiança, além de oferecer oportunidades de interação social e construção de redes de amizade.

Desenvolvimento pessoal e social