Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Trabalho realizado por: Leonor Coelho nº 15Maria Santos nº 16Miguel Cunha nº 18Rúben Ghiletchi nº 24

Soneto do Amor e da Morte,de Vasco Graça Moura

4.

3.

2.

1.

Intertextualidade

Analise da extrutura interna

Analise da extrutura externa

Biografia do autor

Índice

TEMA
  • Gira em torno do amor e da morte,
  • Reflexão no momento da sua morte
  • União e entreajuda
  • Aspetos textuais que trazem musicalidade ao poema

RECURSOS EXPRESSIVOS
  • Anáfora: "quando eu morrer..." (vv.1, 6 e 14) e "...sempre a doer..." (vv 10 e 11)
  • Metáfora: "... aves pardas do anoitecer a revoar na minha solidão." (vv. 4 e 5) e "...fique por nós o teu inda a bater..." (vv. 13)

Estrutura Interna

  • Secretário de Estado de dois Governos provisórios, desempenhou funções diretivas na RTP, na Imprensa Nacional e na Comissão para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.
  • Poeta, ensaísta, ficcionista, dramaturgo, cronista e tradutor. Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa
  • Nasceu a 3 de janeiro de 1942 e morreu a 27 de abril de 2014

Biografia de Vasco G. Moura

  • Esquema rimático: abbba/abba/baaba
  • Métrica livre
  • 3 estrofes (duas quintilhas e uma quadra)

Estrutura Externa

Intertextualidade com a música

OBRIGADA PELA VOSSA ATENÇÃO!!!