Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Apresentação realizada por Maria Clara n°08 e Marianna Pinheiro n°09

Marketing- mix

Start

Webgrafia.

7.

Política de Promoção (comunicação);

Plano de Trabalho

6.

Política de Praça (distribução);

Política de preço;

Política de produto;

Política dos 4 p's;

Conceito e objetivo do marketing- Mix;

5.

4.

3.

2.

1.

+ INFO

  • Seu principal objetivo é gerar o desejo de compra no consumidor.

Conceito e objetivo de marketing- mix

  • É um conjunto de elementos que representam as atividades envolvidos pelo marketing.

4 P'S

+Preço

  • Os 4Ps resumem o conceito básico dos pilares da estratégia de marketing: preço, produto, praça (distribuição) e promoção (comunicação).

+Praça

+Produto

+Promoção

  • São variáveis que as empresas podem controlar e são formados por variáveis que fazem com que uma campanha atinja os objetivos desejados e consiga impactar o seu público-alvo
  • São variáveis ​​interdependentes porque uma influencia a outra e depende da outra para o seu sucesso.
Promoção
Praça
Preço
Produto
O Marketing Mix
  • O produto é a base da existência das empresas;
  • É um bem ou serviço que satisfaz as necessidades e os desejos dos consumidores e beneficia suas vidas.

O Produto

  1. Qualidade;
  2. Marca;
  3. Embalagem.
Devemos considerar os seguintes exemplos:
  • Os produtos podem ter uma grande variedade de aspectos\características que agem sobre sua atratividade, valor para os consumidores e a utilidade.

características de um produto:

Está associada ao valor e à utilidade que o cliente reconhece e atribui ao produto.

Associa-se à idealização e produção de um produto. na intenção de satisfazer as necessidades e desejos de um cliente.

Do ponto de vista do cliente

Do ponto de vista do produto/prestador do serviço

A qualidade pode ser vista de duas formas:

1. Qualidade

  • A qualidade é o nível de perfeição de um processo, serviço ou produto entregue pela sua empresa e pretende satisfazer o consumidor.
Tem relação com o desempenho, a performance, a estética e outros fatores, ou seja, as características do produto.
Trata-se da compreensão do cliente e também diferencia o seu produto, dos produtos da concorrência.
Qualidade Real
Qualidade Técnica

Fracasso do produto

Insatisfaçãodo consumidor

Sem qualidade

  • Considerando os múltiplos pontos de vista da definição de qualidade, ela é representada em sete dimensões diferentes.

1. Qualidade

2. Marca

Fidelização
Memorização
Diferenciação
Identificação

Funções da marca

  • Multimarcas.
  • Marca por linha de produto;
  • Marca por produto;
  • Marca Única;
Produtos sem marca
Produtos sem marca

Estratégias da marca

Estão envolvidas no transporte em longas distâncias.
São usadas para transportar grandes volumes do produto.
São as que agrupam várias embalagens primárias e secundárias.
São as que envolvem uma ou mais embalagens primárias.
As embalagens estão em contato direto com o produto.
Embalagem Quinto Nível
Embalagem Quaternárias
Embalagem Terciárias
Embalagem Secundárias
Embalagem primária
Níveis de embalagem
  • A embalagem é um recipiente que envolve e armazena produtos.
  • Ela é estrategicamente projetada para atrair o consumidor por meio de cor e forma, além de promover o produto e a marca.
  • Seu principal objetivo é garantir a aceitação do público, incentivando a compra do produto.

3.Embalagem

Função das embalagens

  • Funções do Marketing
  • Funções Técnicas
  1. Proteção:
  2. Preservação:
  3. Contenção:
  4. Informação;
  5. Identificação
  1. Atrair a atenção dos consumidores.
  2. Comunicar os benefícios do produto de forma clara.
  3. Reforçar a identidade da marca.
  4. Diferenciar o produto dos concorrentes.
  5. Influenciar a decisão de compra do consumidor.
Promoção
Praça
Preço
Produto
O Marketing Mix
  • Define o valor percebido do produto ou serviço.
  • Impacta diretamente a rentabilidade do negócio.
  • Influencia a competitividade no mercado.
  • Determina o posicionamento da marca.
  • Garante a sustentabilidade financeira da empresa.
  • Afeta a percepção dos consumidores.
  • Facilita o planejamento financeiro e estratégico.

O preço é importante, pois...

Definiçãode preço
Custos de distribuição
Impostos e tarifas governamentais
Estratégias de Marketing
Concorrência
Consumidores
Custo de produção
Ajustar conforme necessário com base no feedback do mercado
Estar atento às regulamentações e impostos
Escolher uma estratégia de precificação
Considerar o valor percebido pelo cliente
Analisar a concorrência e o mercado
Determinar a margem de lucro desejada
Calcular os custos de produção

Como definir um preço

Promoção
Praça
Preço
Produto
O Marketing Mix

Retalhista

Grossistas (atacadista)

Intermediários

Canal de distribuição

Circuito de distribuição

  • Distribuição é a transferência de produtos do fabricante para o consumidor final.
  • Os intermediários: Atacadistas, varejistas e agentes.
  • Inclui: Logística, estratégias de canal e relacionamentos com intermediários.
  • O objetivo é arantir a disponibilidade e acessibilidade dos produtos aos clientes.

A Praça (Distribuição)

  • Recursos e Capacidades da Empresa.
  • Estratégia de Marketing e Posicionamento;
  • Custos e Eficiência;
  • Concorrência;
  • Perfil do Consumidor;
  • Alcance Geográfico;
  • Características do Produto ou Serviço;

A escolha do canal depende das...

Desvantagens
Vantagens
No entanto, também há...
Vende ao
Consumidor
Produtor
Características:
  • Sem intermediários;
  • Contato direto;
  • Flexibilidade;
  • Relacionamento próximo;
  • Foco no cliente;
  • Alto potencial de lucro;
  • Baixo custo operacional;
  • Independência.
O consumidor pode ser contactado atráves:
  • Porta a Porta: consiste na visita pessoal do vendedor ao potencial cliente.
  • Catálogo: Vendedor deixa catálogo com clientes para avaliação e seleção.
  • Party Plan: Realiza-se um evento temático para demonstrar os produtos
  • Locais operados diretamente pelo produto.

Circuito de venda directa

  • Há somente um intermediário entre o fabricante e o cliente.
Retalhista
Vende ao
Desvantagens
Vantagens
No entanto, também há...
Vende ao
Consumidor
Produtor
Características:
  • Simplificação da cadeia de suprimentos;
  • Eficiência logística com operações centralizadas;
  • Relacionamento próximo com fabricante e consumidor;
  • Equilíbrio nas margens de lucro;
  • Controle de qualidade intermediado;
  • Aumento da visibilidade da marca;
  • Facilidade de expansão para novos mercados.
O consumidor pode ser contactado através de:
  • Publicidade e promoção;
  • Marketing direto;
  • Ponto de venda físico;
  • Canais online;
  • Eventos e feiras;
  • Serviço de atendimento ao cliente.

Circuito venda com um intermediário (circuito curto)

Vende ao
Consumidor
Retalhista
Vende aos
Desvantagens
Vantagens
  • Há no mínimo dois agentes intermediários entre o fabricante e o cliente final.
Grossista
Vende ao
Vende ao
Retalhista
Produtor
Características:
  • A complexidade aumenta devido à presença de múltiplos intermediários.
  • Alcança diversos clientes em várias regiões.
  • Utiliza diferentes canais de distribuição.
  • Intermediários agregam valor por meio de serviços adicionais.
  • Os lucros são compartilhados entre os intermediários.
  • Requer coordenação cuidadosa para garantir eficiência na entrega.
  • Podem surgir disputas sobre preços e responsabilidades.
Os armazenistas podem ser:
  • Únicos na zona: concessionários exclusivos;
  • Vários dentro da mesma zona.
No entanto, também há:

Circuito venda com Vários intermediários (circuito longo)

Promoção
Praça
Preço
Produto
O Marketing Mix

4. Marketing direto.

3. As relações públicas;

2. A promoção de vendas;

1. A publicidade;

Instrumentos de comunicação:

A Promoção (Comunicação)

  • Diz respeito aos sinais que uma empresa emite para alcançar seu mercado-alvo. Não se resume apenas à produção e distribuição de um produto, mas também engloba a necessidade de informar o público-alvo sobre sua presença e características.
Sections like this help you create order

metrics

Exemplos:

  • Produtos fabricados e vendidos sem uma marca reconhecível.
  • Muitas vezes oferecem uma alternativa mais acessível aos produtos de marca conhecida.
  • Podem ser encontrados em várias categorias, como alimentos, produtos de limpeza, roupas e eletrônicos.
  • Geralmente vendidos em lojas de desconto ou supermercados.
  • Alto custo inicial de estabelecer e manter uma equipe de vendas dedicada
  • Limitação geográfica, já que a cobertura de vendas diretas pode ser restrita a determinadas áreas
  • Dependência da eficácia e produtividade dos representantes de vendas
  • Potencial para criar tensões com os canais de distribuição tradicionais, se houver conflitos de interesse
  • Necessidade de treinamento contínuo e suporte para a equipe de vendas diretas
  • Risco de saturação do mercado, especialmente se o produto for distribuído apenas por meio desse canal
  • Desafio de construir confiança e credibilidade com os clientes, especialmente em um mercado saturado de esquemas de vendas diretas.

Exemplo: A Unilever tem várias marcas para diferentes categorias de produtos, como Dove para cuidados pessoais, Ben & Jerry's para sorvetes e Lipton para chás.

  • Cada produto tem sua própria marca exclusiva.
  • Não há várias marcas para diferentes linhas de produtos.
  • Simplifica a estratégia de marketing.
  • Reforça a identidade da marca em torno de cada produto individualmente.
  • Proximidade com os clientes;
  • Maior controle sobre o processo de vendas;
  • Oportunidade de fornecer atendimento personalizado;
  • Potencial para obter feedback imediato dos clientes;
  • Flexibilidade para ajustar estratégias de vendas conforme necessário;
  • Eliminação de intermediários, o que pode resultar em maior margem de lucro;
  • Possibilidade de construir relacionamentos duradouros com os clientes.

Exemplos:

3. Memorização

  • A memorização da marca assegura que os consumidores recordem a marca de uma empresa de maneira simples e ágil.
  • Os títulos precisam ser curtos e de fácil pronúncia.
  • Alto custo inicial de estabelecer e manter uma equipe de vendas dedicada
  • Limitação geográfica, já que a cobertura de vendas diretas pode ser restrita a determinadas áreas
  • Dependência da eficácia e produtividade dos representantes de vendas
  • Potencial para criar tensões com os canais de distribuição tradicionais, se houver conflitos de interesse
  • Necessidade de treinamento contínuo e suporte para a equipe de vendas diretas
  • Risco de saturação do mercado, especialmente se o produto for distribuído apenas por meio desse canal
  • Desafio de construir confiança e credibilidade com os clientes, especialmente em um mercado saturado de esquemas de vendas diretas.
  • Comercialização de produtos iguais de várias marcas diferentes.
  • Oferece uma ampla seleção de opções para os clientes.
  • Permite comparação e escolha entre diferentes marcas em um mesmo local.
  • Comum em lojas de departamentos, boutiques de moda e revendedores de automóveis.

Exemplo

  • Utilização de diferentes marcas para diferentes categorias ou linhas de produtos.
  • Cada linha de produto possui sua própria identidade de marca.
  • Pode segmentar o mercado e atender a diferentes públicos-alvo.
  • Destaca as qualidades únicas de cada linha de produto.
  • Pode aumentar o reconhecimento da marca em diversos mercados ou segmentos de clientes.
  • Proximidade com os clientes;
  • Maior controle sobre o processo de vendas;
  • Oportunidade de fornecer atendimento personalizado;
  • Potencial para obter feedback imediato dos clientes;
  • Flexibilidade para ajustar estratégias de vendas conforme necessário;
  • Eliminação de intermediários, o que pode resultar em maior margem de lucro;
  • Possibilidade de construir relacionamentos duradouros com os clientes.

2. Diferenciação

  • A diferenciação da marca mostra como uma empresa ou produto é diferente dos concorrentes.
Exemplos:

4. Fidelização

  • A marca precisa conquistar a lealdade do cliente, pois um cliente satisfeito tende a permanecer fiel à marca e evita mudar para outra.

Exemplos:

1. Identificação

  • A identificação da marca, principalmente pelo logotipo, cria uma conexão rápida e reconhecível entre consumidores e produtos ou serviços, facilitando a familiaridade e confiança.
  1. Características (Atributo do produto);
  2. Desempenho (Aspetos operacionais básicas);
  3. Conformidade (Grau de concordância com as especificações);
  4. Confiabilidade (Probalidade de que um item desempenhe sem falhas sua função);
  5. Durabilidade (Vida útil de um produto);
  6. Imagem (Visão do cliente sobre o produto);
  7. Atendimento ao cliente (Apoio ao cliente).

Pai do Marketing

Gary Armstrong

  • Na conceituação mais conhecida conforme Kotler e Armstrong, o mix de marketing é composto pelos chamados 4 Ps.
  • Acesso a canais de distribuição consolidados;
  • Especialização e experiência de mercado;
  • Redução de custos logísticos;
  • Foco no suporte ao cliente;
  • Ampliação do alcance geográfico;
  • Redução de riscos para os fabricantes;
  • Permite que os fabricantes foquem em suas atividades principais.
  • Margens de lucro reduzidas;
  • Menor controle sobre o processo de vendas;
  • Potenciais conflitos de interesse;
  • Dependência do desempenho do intermediário;
  • Dificuldade em gerenciar a qualidade do serviço ao cliente;
  • Menor flexibilidade;
  • Risco de canibalização de vendas;
  • Possíveis custos adicionais de marketing e publicidade.

Exemplos:

  • Oferta de apenas um produto ou serviço sob uma única marca.
  • Simplificação das operações da empresa.
  • Foco total na criação, promoção e venda desse único produto ou serviço.
  • Potencial para criar uma identidade de marca forte e reconhecível em torno desse produto ou serviço específico.

1. Publicidade

  • É o meio de comunicação em massa com fins comerciais.
  • Direcionada a usuários de um produto ou serviço.
  • Significado geral: divulgar, tornar pública uma ideia ou fato.
  • Suas 3 funções: informar, memorizar e persuadir.

2. Promoção de venda

  • É o conjunto de ações, métodos e recursos.
  • O objetivo é aumentar o volume de vendas de produtos ou serviços.
  • Realizada durante um período de tempo determinado.

3. Relações públicas

  • É processo estratégico de comunicação.
  • O objetivo é construir relações de benefício mútuo entre organizações e seus públicos.

4. Marketing direto

  • É as estratégias de marketing focadas.
  • O objetivo é promover produtos ou serviços usando ações diretas para público específico.
  • Exemplos: mala direta, telemarketing, televendas, e-mail marketing, entre outras ações digitais personalizadas.