Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

UFCD 9203 - ATIVIDADE 1TIPOS DE COMÉRCIO

Dânia Almeida

08/02/2024

Técnico de Comunicação Digital

Índice

Índice

1.

E-commerce

2.

Comércio Interno

3.

Comércio Externo

4.

Comércio Integrado

5.

Franchising

6.

Comércio Retalhista

7.

Comércio Grossista

8.

Bibliografia

Next

1. E-commerce

E-commerce

O e-commerce não é só um site, o e-commerce ou comércio eletrônico, é um lugar de venda de produtos ou de serviços por via internet. O e-commerce é só um dos canais de vendas online, também é possível manter um comércio digital nas redes socias. O e-commerce tem dois processos básicos a venda e o atendimento ao cliente. Exemplos de empresas do e-commerce: Amazon, SHEIN, entre outras empresas.Área de atuação do e-commerce: Amazon oferece uma grande variedade de produtos, como produtos de desporto e atividades ao ar livre, produtos de beleza e saúde, utensílios de cozinha. A Amazon dispõe de serviços de streaming e produção de dispositivos eletrônicos. Por outra perspectiva a SHEIN é conhecida por ser uma loja de moda online, ou seja, têm roupas, calçado, acessórios, produtos de beleza e saúde. A SHEIN é um modelo rápido de produção das peças e também pela rapidez na entrega, a shein mantem as pessoas atualiadas das tendências da moda.

2. Comércio Interno

Comércio Interno

O comércio interno dá acesso a bens, serviços, empregados e a oportunidades de negócio. O comércio interno ocorre dentro do mesmo país.Os produtos são fabricados e vendidos dentro do país. É essencial para a economia do país, logo, permite o crescimento econômico, cria empregos, aumenta a renda nacional.O comércio interno inclui a compra de venda de bens e serviços entre as empresas e também entre as pessoas. O comércio interno pode ser facilitado por uma grande variedade de canais, incluindo lojas físicas, comércio eltrônico, mercados locais. Exemplos de empresas do comércio Integrado: Área de atuação do comércio Integrado:

Next

3. Comércio Externo

Comércio Externo

O comércio externo ou internacional é a compra e a venda de produtos e serviços entre países, este comércio é indispensável, já que todos os países dispõem de produtos para vender e comprar. Quando um país vende para outro país está a exportar, quando um país compra de outro país está a importar. Este comércio tem desvantagens, que são as barreiras como, as taxas, o financiamento, isso defini a livre troca de bens e serviços entre os países. Por vezes, os acordos comerciais são definidos para reduzir ou então eliminiar as barreiras e ajudar o comércio entre países. Além do comércio de bens e serviços, também envolve a globalização, o fluxo de capital, tecnologica, de informação e pessoas entre os países. Exemplos de empresas do comércio Externo:Área de atuação do comércio Externo:

Next

4. Comércio Integrado

Comércio Integrado

O comércio integrado, acontece por meio de relacionamento jurídicos, é composto por grandes empresas, que possuem o logístoco próprio, ou seja, possuem o espaço de armazenagem e cuidam dos envios. Este comércio é a categoria em que as empresas trabalham juntas, onde compartilhanram informação, recursos e tecnologias. Geralmente, as empresas dispõem de centros de administração próprias, pode ocorrer de várias formas, por meio de acordos comerciais, alianças estratégicas entre as empresas. Quando as empresas trabalham juntas, elas podem aumentar a eficiência, reduzir custos e melhorar a qualidade de produtos. Existem várias lojas que contêm esta categoria de comércio, na grande maioria, são lojas grandes e que contam com uma enorme gama de produtos, como supermercado, armazéns e lojas conhecidas do grande público, como algumas lojas Americanas: Magazine Luiza, Lojas Renner e a ZARA. Exemplos de empresas do comércio Integrado: Área de atuação do comércio Integrado:

Next

5. Franchising

Franchising

A franchising é um sistema de negócios em que o franqueador compra os direitos de uma empresa ou de uma loja, que trabalha para essa marca, que oferece serviços e produtos. A franchising pode ser distribuição, serviços e indústria. Franqueado é quem compra. O franqueador é o criador da marca que oferece o nome e é reconhecido no mercado, o franqueado utiliza a marca a seguir os padrões e planos de negócios. Uma loja fraqueada deve seguir padrões pré-estabelecidos, como produtos vendidos, uniforme dos funcionários.Exemplos de empresas da franchising: Mc Donalds, Burger King, O Boticário. Área de atuação da franchising:

Next

O retalhista obtém os produtos junto do grossista, oferecendo-o aos clientes nos locais e nas quantidades que precisam, o retalhista contacta com o cliente final.

E as lojas retalhistas ainda podem ser: lojas especializadas numa linha de produtos (essas vendem poucas linhas de produtos, mas há uma grande variedade em cada linha), lojas de departamento, as quais comercializam linhas de produtos em departamentos, loja de conveniências que vendem produtos essenciais e numa quantidade limitada, lojas de variedades, as quais comercializam uma variedade de produtos, sendo que em sua maioria são produtos abaixo do preço, os supermercados, os quais vendem produtos alimentícios, produtos de higiene e produtos para casa, entre outros

A venda a retalho é uma modalidade que acontece para itens como calçados, vestuário, eletrônicos, alimentos, produtos de higiene, artigos para cama, mesa e banho, entre outros. E essa venda ocorre em locais aberto ao público, nas chamadas lojas de venda ao público, assim as pessoas podem buscar os itens que desejam adquirir. Mas há ainda outras formas de venda retalhista, tais como as que acontecem pela internet ou por telefone, por exemplo

6. Comércio Retalhista

Comércio Retalhista

O comércio Retalhista utiliza o comércio referênte à atividade que realiza à unidade. A venda ou a distribuição a retalhe é aquela que desenvolve-se de uma empresa comercial para o consumidor final.

Next

Quem trabalha com comércio por grosso costuma praticar preços menores porque esses produtos são destinados aos donos de lojas e, assim, são adquiridas quantidades maiores. Os produtos já são adquiridos em grande quantidade porque o objetivo é a revenda deles. Por exemplo, um comerciante adquire de um grossista uma quantidade de 100 capas para celular onde cada uma sai por R$ 1,50, totalizando R$ 150,00, então ele revende essas capas por R$ 7,00, ficando com um total de R$ 700,00 em vendas

Isto, de qualquer forma, pode variar. Alguns grossistas vendem directamente ao consumidor final, o qual deve comprar uma quantidade mínima para ter acesso a um preço especial. Por outro lado, há produtores que vendem os seus produtos ao consumidor final, evitando passar por um distribuidor grossista.

O vendedor ou distribuidor grossista, regra geral, não entra em contacto directo com o consumidor final. A sua função mais habitual dentro da cadeia de distribuição é ser o intermediário entre o produtor ou fabricante e o vendedor retalhista

Grossista (ou comércio por grosso, ou ainda armazenista) é aquele comércio/comerciante que vende, compra ou fornece por grosso. O conceito distingue-se da noção de retalhista, que é o comércio cuja actividade se realiza a retalhe.

quando o grossista contacta directamente com o produtor e reúne, por vezes produções que se encontram dispersas.

7. Comércio Grossista

Comércio Grossista

Whatever you want!

Next

Quem trabalha com comércio por grosso costuma praticar preços menores porque esses produtos são destinados aos donos de lojas e, assim, são adquiridas quantidades maiores. Os produtos já são adquiridos em grande quantidade porque o objetivo é a revenda deles. Por exemplo, um comerciante adquire de um grossista uma quantidade de 100 capas para celular onde cada uma sai por R$ 1,50, totalizando R$ 150,00, então ele revende essas capas por R$ 7,00, ficando com um total de R$ 700,00 em vendas

Isto, de qualquer forma, pode variar. Alguns grossistas vendem directamente ao consumidor final, o qual deve comprar uma quantidade mínima para ter acesso a um preço especial. Por outro lado, há produtores que vendem os seus produtos ao consumidor final, evitando passar por um distribuidor grossista.

O vendedor ou distribuidor grossista, regra geral, não entra em contacto directo com o consumidor final. A sua função mais habitual dentro da cadeia de distribuição é ser o intermediário entre o produtor ou fabricante e o vendedor retalhista

Grossista (ou comércio por grosso, ou ainda armazenista) é aquele comércio/comerciante que vende, compra ou fornece por grosso. O conceito distingue-se da noção de retalhista, que é o comércio cuja actividade se realiza a retalhe.

quando o grossista contacta directamente com o produtor e reúne, por vezes produções que se encontram dispersas.

7. Comércio Grossista

Comércio Grossista

Whatever you want!

Next

https://conceito.de/retalhista https://conceito.de/grossista

https://pt.slideshare.net/coutada09/tipos-de-comrcio

https://sgsistemas.com.br/tipos-de-comercio-conheca-quais-sao-os-principais/

https://ecommercenapratica.com/blog/tipos-de-comercio/

Home

10. Bibliography

Bibliografia

https://pagar.me/blog/tipos-de-ecommerce/

https://rockcontent.com/br/blog/e-commerce-guia/

https://pt.economy-pedia.com/11039877-domestic-trade#menu-2

https://www.coladaweb.com/geografia/comercio-interno-externo

https://www.nuvemshop.com.br/blog/tipos-comercio/

https://sgsistemas.com.br/tipos-de-comercio-conheca-quais-sao-os-principais/