Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Tarefa 4 da página 176

Trabalho realizado por: Francisco Melchior, nº9Inês Pinto, nº10Martim Pais, nº 17 Mónica Oliveira, nº19 Turma: 10ºA

Razões do agravamento do Efeito de estufa

Tarefa 4 p.176

Investigue as razões do agravamento recente do efeito de estufa e indique as consequências deste agravamento.

Razões de agravamento

Nos próximos slides iremos falar sobre as razões pelas quais o efeito de estufa tem vindo a aumentar.

Queima massiva de combustíveis fósseis

A queima de combustíveis fósseis, como carvão, petróleo e gás natural, liberta grandes quantidades de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, contribuindo diretamente para o aumento do efeito estufa. Esse dióxido de carbono atua como um gás do efeito de estufa, retendo o calor do sol na Terra e aumenta a temperatura média do planeta. Isso contribui para o aquecimento global e as mudanças climáticas.

A desflorestação reduz a capacidade da vegetação em absorver CO2 da atmosfera através da fotossíntese, além de liberar o carbono armazenado nas árvores e no solo. Também contribui para a perda de biodiversidade e alterações nos ciclos naturais, afetando o equilíbrio ambiental.

Desflorestamento em grande escala

Emissões industriais

As indústrias libertam uma variedade de gases poluentes, incluindo CO2 e outros gases de efeito de estufa, além de poluentes atmosféricos que contribuem para o aquecimento global e para a degradação da qualidade do ar.

Agricultura intensiva

A agricultura intensiva envolve práticas que libertam gases de efeito estufa, como o uso excessivo de fertilizantes que emitem óxido nitroso e a desflorestação para expansão agrícola. Estas práticas contribuem para as emissões globais de gases de efeito de estufa.

Produção de metano na pecuária

A produção de metano na pecuária ocorre principalmente pela digestão dos animais ruminantes, como vacas e ovelhas. Durante o processo de digestão, esses animais liberam metano através dos seus arrotos. O metano é um gás do efeito de estufa muito mais potente do que o dióxido de carbono, contribuindo significativamente para o aquecimento global.

Clorofluorcarboneto é uma classe de compostos voláteis derivados de hidrocarbonetos e usados como fluidos refrigerantes, que causam grande impacto na camada de ozono. Os clorofluorcarbonetos têm um potencial de aquecimento global muito alto. Embora sejam emitidos em quantidades menores do que o CO2, eles contribuem significativamente para o efeito estufa.

Lançamento de gases refrigerantes potentes

Consequências do agravamento do efeito de estufa

Nos próximos slides falaremos das consequências do agravamento do efeito de estufa.

O aumento das concentrações de gases de efeito de estufa leva a um aumento na retenção de calor na atmosfera, resultando no aquecimento global.

Aquecimento global

Derretimento de gelos e elevação do nível do mar

O derretimento do gelo, como as calotas polares e as geleiras, está diretamente relacionado ao efeito de estufa. O aumento das temperaturas causado pelo efeito de estufa faz com que o gelo derreta mais rapidamente. Quando o gelo derrete, a água resultante contribui para a elevação do nível médio do mar.

As mudanças climáticas afetam os habitats naturais, levando à perda de biodiversidade, com muitas espécies incapazes de se adaptar ou migrar rapidamente o suficiente.

Impactos na Biodiversidade

impactos na agricultura

Mudanças nos padrões climáticos afetam a produção agrícola, com eventos extremos, secas prolongadas ou inundações prejudicando colheitas e aumentando a insegurança alimentar.

Problemas de saúde

Mudanças climáticas podem influenciar a disseminação de doenças transmitidas por vetores, como malária e dengue, além de afetar a qualidade do ar e da água.

mudanças climáticas

Isto resulta em mudanças nos padrões climáticos, como aumento da frequência e intensidade de eventos climáticos extremos, como furacões, secas, inundações e ondas de calor.

Webgrafia