Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Clara Silva, n.º8 9ºDAno Letivo 2023-2024 - Disciplina TIC

Internet das Coisas

Escola básica e secundária à beira douro - Medas

O que é a Internet das Coisas

Conclusão

Origem da Internet das Coisas

Como é aplicável nas pessoas

Principais aplicações para as empresas

Benefícios da Internet das Coisas

Webgrafia

Riscos da Internet das Coisas

Introdução

Índice

Vou falar de vários aspetos relacionados com as mesmas, nomeadamente,benefícios, riscos, o que são, etc.
Este trabalho foi realizado no âmbito do tema Internet das Coisas.

Introdução

Para ajudar nesse processo, a Internet das Coisas conta com a ajuda de duas tecnologias: a inteligência artificial e machine learning.
----------------------------------------------------------------------------------------
O conceito de Internet das Coisas, ou Internet of Things (IoT) é o de uma enorme rede de dispositivos conectados que possuem a capacidade de tranferir dados através de uma rede sem a necessidade de interferência humana.

O que é a Internet das Coisas?

1/2
Embora já houvessem dispositivos eletrónicos interconectados desde o início do século 19, o primeiro contacto entre dois sistemas diferentes aconteceu a 29 de outubro de 1969, quando uma mensagem foi enviada entre as Universidades da Califórnia, em Los Angeles, e o Instituto de Pesquisa de Stanford, nascendo assim o projeto ARPANET.

Origem da Internet das Coisas (IoT)?

2/2
A ARPANET foi umprojeto militar com o objetivo de permitir que os centros de pesquisa pudessem manter uma comunicação entre si, sendo considerada a mãe da internet.Em 1982, uma máquina de venda automática da Coca-Cola foi conectada à ARPANET, ela foi modificada para ser capaz de relatar o seu inventário e se as bebidas recém-carregadas estavam frias ou não.

Origem da Internet das Coisas (IoT)?

1/3
-Fabricação- Fabricantes podem obter uma vantagem competitiva usando o monitoramento de linha de produção para permitir a manutençao proativa do equipamento quando os sensores detectam uma falha eminente;
A Internet das Coisa é aplicável em diverso setores como, por exemplo, a fabricação, a assistência médica, o setor público, entre outros, de forma a beneficiar as pessoas.Nestes casos, alguns exemplos são:

Como a IOT é aplicável às pessoas?

2/3
-Assistência Médica- Médicos, enfermeiros e assistentes geralmente precisam saber a localização exata dos ativos de assistência ao paciente, como as cadeiras de rodas. Quando as cadeiras de rodas de um hospital são equipadas com sensores IoT, elas podem ser rastreadas a partir da aplicação de monitoramento de ativos IoT para que qualquer pessoa que esteja à procura de uma, possa encontrar rapidamente a cadeira de rodas disponível mais próxima.

Como a IOT é aplicável às pessoas?

3/3
-Setor Público- Por exemplo, os serviços públicos pertencentes ao governo podem usar aplicações baseadas na IoT para notificar os seus usuários sobre interrupções em massa e até mesmo sobre interrupções menores nos serviços de água, energia ou esgoto. As aplicações de IoT podem coletar dados sobre o escopo de uma interrupção e implementar recursos para ajudar os utilitários a se recuperarem de interrupções com maior velocidade.

Como a IOT é aplicável às pessoas?

1/4
1. Coleta e compartilhamento de dadosO principal objetivo da IoT é utilizar a automação de coleta e análise de dados para dar ainda mais poder à gestão de empresas transformadas digitalmente. O que dispositivos inteligentes fazem é monitorar constantemente aspectos únicos de uma rotina produtiva, seja por pessoas ou máquinas. Assim, alimentam em tempo real o sistema que acompanha essas atividades.

Quais as principais aplicações para as empresas?

2/4
2. Monitoramento de atividades e processos Um exemplo prático bastante simples é a utilização de sensores para determinar o desempenho de uma máquina dentro da indústria: a sua capacidade de produção, o seu estado de manutenção e segurança, a sua relação com os passos da cadeia produtiva antes e depois dela.

Quais as principais aplicações para as empresas?

3/4
Nesse contexto, o grande ganho das empresas é em rastreabilidade. Com o uso de tags inteligentes, leitores automatizados e geolocalização, é possível ter mais controle sobre stock e logística, desde a preparação do pedido até sua movimentação na entrega e comunicação automática com o cliente.
3. Gerenciamento de stock e logística

Quais as principais aplicações para as empresas?

4/4
Tu já deves ter percebido na tua rotina o quanto a informação é importante para guiar a empresa por caminhos melhores durante a era digital. Agilidade e assertividade são cruciais para o sucesso de gestores. E, neste ponto, a IoT torna-se mais uma origem importante de dados de negócio. O seu caráter especializado e automatizado de coleta permite que se tenha acesso a relatórios mais ricos sobre questões de produção, de conversão e de mercado.
4. Auxílio para a tomada de decisões

Quais as principais aplicações para as empresas?

1/4
A Internet das Coisas pode ajudar a rastrear e monitorar os produtos industrializados durante toda a cadeia de suprimentos. Sensores inteligentes podem ser usados para monitorar a temperatura, umidade e outras condições ambientais, garantindo que os medicamentos, por exemplo, sejam armazenados e transportados nas condições ideais. Isso ajuda a evitar a deterioração dos produtos.
-Monitoramento e controle da cadeia de suprimentos
Alguns dos benefícios da IoT são, por exemplo:

Benefícios da Internet das Coisas

2/4
A manutenção preditiva é uma aplicação importante da IoT na indústria. Sensores integrados em equipamentos de produção podem coletar dados em tempo real sobre o desempenho e o estado dos equipamentos. Com base nesses dados, algoritmos de análise podem prever falhas ou problemas iminentes, permitindo que as equipes de manutenção ajam proativamente. Isto ajuda a reduzir o tempo de inatividade não planeado e melhora a eficiência geral da produção.
-Manutenção preditiva

Benefícios da Internet das Coisas

3/4
Por meio de sensores e tags RFID, é possível monitorar o movimento de mercadorias. Isso acontece desde a fabricação até a entrega, garantindo que os produtos sejam entregues no prazo, evitando perdas e reduzindo o roubo. Além disso, a IoT pode ajudar na gestão de stocks, alertando sobre a necessidade de reabastecimento e evitando a escassez de produtos.
-Otimização da cadeia de suprimentos

Benefícios da Internet das Coisas

4/4
Por exemplo, dispositivos inteligentes podem coletar dados sobre preferências e comportamentos dos clientes. Isto permite que as empresas ofereçam recomendações personalizadas e ajustem os produtos de acordo com as necessidades individuais. Além disso, a IoT pode permitir uma comunicação contínua entre as empresas e os clientes, fornecendo suporte em tempo real e facilitando a resolução de problemas.
-Melhoria da experiência do cliente

Benefícios da Internet das Coisas

1/5
A Internet das Coisas realiza conexões através de endereços de IP de diferentes dispositivos e, assim, troca informações entre aparelhos. Essa conexão não é aberta (não há acesso para todos os usuários), já que é possível criar uma proteção através de uma password. Mas nem sempre esse é um método eficaz.
-Redes de dados estão sujeitas a ataques
Alguns dos riscos da IoT são, por exemplo:

Riscos da Internet das Coisas

2/5
Praticamente qualquer aparelho inteligente que pode ser conectado à internet pode ser controlado através de um computador ou smartphone. Ainda é estranho pensar em eletrodomésticos e utensílios diários como um risco à segurança dos seus dispositivos, mas é uma realidade principalmente com aparelhos mais antigos, que possuem as opções de conectividade mas não recebem mais suporte técnico e atualizações
-Todos os dispositivos se tornam alvos em potencial

Riscos da Internet das Coisas

3/5
À medida que mais pessoas utilizam comunicações baseadas em nuvem e armazenamento de dados, a comunicação cruzada entre dispositivos inteligentes e a rede IoT aumenta. No entanto, sempre que os dados são transferidos, recebidos ou armazenados através dessas redes, o potencial de violação ou dados comprometidos também aumenta. Isso se deve à falta de criptografia e controles de acesso antes que os dados sejam inseridos no ecossistema IoT
-Armazenamento e transferência de dados inseguros

Riscos da Internet das Coisas

4/5
Embora os ataques de IA existam desde 2007, as ameaças que eles apresentam na IoT estão a tornar-se cada vez mais proeminentes. Hackers agora podem criar ferramentas alimentadas por IA que são mais rápidas, fáceis de escalar e mais eficientes do que os humanos, para realizar os seus ataques. Isto representa uma séria ameaça dentro do ecossistema IoT.
-Ataques baseados em IA

Riscos da Internet das Coisas

5/5
Botnets são uma série de dispositivos conectados à Internet que são criados para roubar dados, comprometer redes ou enviar spam. Botnets contêm malware que permite que o invasor acesse o dispositivo IoT e à sua conexão para se infiltrar na rede de uma organização, tornando-se uma das principais ameaças para as empresas. Eles são mais proeminentes em aparelhos que não foram inicialmente fabricados com segurança (frigoríficos inteligentes, por exemplo).
-Botnets

Riscos da Internet das Coisas

Nesta apresentação, aprendo o que é a Internet das Coisas (IoT), a sua origem, como se aplicam em diferentes setores, como é aplicada nas empresas, além de, benefícios e riscos das mesmas.

Conclusão

https://netshow.me/blog/iot/https://www.ispblog.com.br/2015/12/25/entenda-os-riscos-da-internet-das-coisas/
Riscos da Internet das Coisas
https://netshow.me/blog/iot/
Benefícios da Internet das Coisas
https://blog.brq.com/aplicacoes-de-internet-das-coisas/
Quais as principais aplicações para as empresas?
https://www.oracle.com/br/internet-of-things/what-is-iot/
Como a IOT é aplicável às pessoas?
https://www.dio.me/articles/historia-da-internet-das-coisas
Origem da Internet das Coisas?
https://tecnoblog.net/responde/o-que-e-internet-das-coisas/
O que é a Internet das Coisas?

Webgrafia