Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Imagem Digital

O que é imagem digital?

Realizado por: Rafael Antunes e Mariana Villar - 12.ºE

Iníciar

O que é uma imagem digital?

Webgrafia.

Índice

1.

Formatos de Ficheiro.

2.

Técnicas de compressão de imagem.

Softwares de edição de imagem.

3.

4.

5.

O que é uma imagem digital?

Capítulo I

A imagem digital é ...

Uma imagem digital é uma representação eletrônica de uma imagem bidimensional, que pode ser processada e exibida por dispositivos eletrônicos. Existem dois tipos principais de imagens digitais: vetoriais e bitmap.Essa distinção entre os dois tipos de imagens é importante para entender como elas são armazenadas, processadas e exibidas em diferentes contextos digitais..

+info

+info

Imagens Vetoriais: Imagens definidas por vetores matemáticos. Suas formas usam equações matemáticas, o que permite redimensioná-las sem perder qualidade. Usada muitas vezes em logos e animações.Imagens Bitmap: Imagens compostas por uma grade de pixels, onde cada pixel é atribuído a uma cor específica. Podem perder qualidade ao serem ampliadas, mas são ótimas para fotografias e imagens realistas, já que permitem mais detalhes.

Tipos de imagem digital (vetorial versus bitmap)

20.00 h

20.20 h

20.00 h

Atributos elementares

20.04 h

Os atributos elementares da imagem são características fundamentais que descrevem e definem uma imagem visual.. Alguns dos atributos elementares mais importantes incluem:

Agora vou contar-te sobre os atributos elementares das imagens!

As imagens têm atributos? Quais são?

Têm! Existem os «Pixéis e mapas de bits, resolução e mapas de cor, tamanho do ficheiro, brilho/contraste/saturação» e por ultimo «modelos de cor»

Uau!! Que fixe!

+info

Pixel

Mapa de bits, resolução e profundidade de cor.

Um píxel é a menor unidade que compõe uma imagem digital, derivado da combinação das palavras "picture" e "elemento", representando um "elemento de imagem".

Os mapas de bits é uma representação digital de uma imagem composta por uma grelha de píxeis, onde cada píxel é atribuído uma cor específica, são caracterizados pela sua altura e largura em píxeis, o que determina a resolução da imagem, além da profundidade de cor em bits por pixel, que define a quantidade de cores que podem ser armazenadas em cada pixel. A quantidade de bits de cor por pixel é crucial para a qualidade da imagem.

+info

Tamanho de arquivo

Brilho, contraste e saturação

Modelos de cor

É a quantidade de espaço de armazenamento que ele ocupa em um dispositivo de armazenamento (ex: disco rígido) sendo geralmente medido em bytes..

Brilho refere-se a claridade da imagem. Aumentar o brilho significa clarea-la.Saturação refere-se a intensidade das cores na imagem. Aumentar a saturação significa tornar as cores mais vibrante. Contraste refere-se a diferença entre as áreas mais claras e mais escuras da imagem. Aumentar o contraste significa aumentar essa diferença.

São sistemas que organizam e definem cores de forma padronizada e universal para o uso digital, garantindo a reprodução precisa em qualquer hardware. Existem vários tipos como RGB, baseado no vermelho verde e azul paz de produzir 16,7 milhões, o CMYK, etc.

+info

Técnicas decompressão de imagem

Capítulo II

+info

Técnicas de compressão de imagem

A compressão de imagem baseia-se na remoção de informação redundante existente nas imagens. Os métodos de compressão de imagens dividem-se em dois grandes grupos: com perdas ou sem perdas.Compressão com perdas:Reduz o tamanho do arquivo eliminando dados redundantes e informações menos importantes da imagem. Exemplos incluem os formatos JPEG e GIF.Compressão sem perdas:Mantém toda a informação original da imagem, garantindo a máxima qualidade possível, mas resultando em arquivos maiores. Exemplos incluem os formatos PNG e TIFF.Existem três tipos de redundância nas imagens que são explorados pelos mecanismos de compressão:

Tipos de redundância

Redundância inter-pixel: Acontece quando existem padrões repetitivos de pixels na imagem e estes são removidos ou substituídos.

Redundância de codificação: A compressão busca formas mais eficientes de representar a imagem usando menos dados.

Redundância psico-visual: São informações na imagem que não são percebidas pelo olho humano ou não são importantes para a percepção visual. A compressão elimina ou reduz essa redundância para economizar espaço.

Para verificarmos se a compressão foi bem feita possuímos critérios de fidelidade. Estes podem ser objetivos ou subjetivos:

  • Objetivos: Calculados.

  • Subjetivos: A medida da qualidade da imagem perdida é realizada por meio de análises subjetivos de um avaliador humano.

Capítulo III

Formatos deficheiro

+info

JPEG/JPG: Com alta taxa de compressão, perde qualidade, mas ocupa pouco espaço. A taxa de compressão do JPG é ajustável. isso significa que é possível equilibrar a qualidade com o tamanho da imagem.GIF: é bastante utilizado em imagens na web que não precisam de qualidade. Contudo, o grande diferencial deste formato é a possibilidade de animações.PNG: possui a possibilidade de fundo de imagem transparente e pode ser comprimido sem que a qualidade seja perdida. O PNG é o formato mais indicado para ser utilizado em estratégias digitais.BMP: Preserva detalhes, mas resulta em arquivos pesados.PSD: Consegue suportar diversas ferramentas avançadas do Photoshop TIFF: Alta qualidade e sem perdas, ideal para impressão., porém pesado.PDF: Universal e versatil, suporta vários tipos de conteúdo.SVG: Vetorial e escalável, compatível com navegadores web.RAW: Sem perdas, usado em câmeras digitais, mas não é compatível com muitos programas. WEBP: Desenvolvido pelo Google, oferece alta compressão, 40% menor que JPEG e sem perdas.

Os principais formatos de imagem digital são:

Softwares de edição de imagem

Capítulo IV

Inshot

O InShot é um aplicativo de edição de vídeos, de fotos e de colagens gratuito, havendo também uma versão premium que permite mesclar clipes ou adicionar filtros, efeitos e músicas para criar vídeos e fotos compartilháveis no teu telemovél.

Vantagens

  • Recursos profissionais;
  • Interface amigável;
  • Permite edição de vídeo, edição de fotos e até mesmo a criação de uma colagem;
  • Versão premium acessível;
  • Suporte a compartilhamento de vídeo e redimensionamento de vídeo até 4k.

Desvantagens

  • A biblioteca de adesivos não tem uma opção de pesquisa;
  • Não permite aumentar ou diminuir o zoom de uma imagem;
  • Possui anúncios ão gratuita;
  • Adiciona uma marca d'água ao vídeo exportado na versão freemium.

Adobe Photoshop Express

Para o melhor do Photoshop sem pagar, a Adobe tem uma versão gratuita chamada Photoshop Express. Ao contrário de muitos outros programas de software este permite editar fotos da webcam.

Vantagens

  • Bom desempenho.
  • Edição automática.
  • Excelente escolha para edição de fotos.
  • Cumpre à risca seu propósito.
  • Funciona rápido.

Desvantagens

  • Muito poucas opções na versão gratuita.
  • As atualizações frequentemente trazem problemas no início que exigem o reinício do dispositivo.

Snapseed

Aplicativo de edição de fotos criado pela Google, que pode ser usado em Androids ou ios. Aplicativo de fácil , prática e rápida edição.

Vantagens

  • Gratuito;
  • Não precisa de cadastro;
  • Livre de anúncios;
  • Original e com uma vasta opção de recursos;
  • Fácil compartilhamento;
  • Intruções em português.

Desvantagens

  • Aplicativo demasiado pesado;
  • Interface complicada inicialmente;
  • Depoimentos de alguns Bugs.

Video

Nossa conclusão acerca de qual é melhor:

Para nós o software com melhor custo benefício é o InShot já que conseguimos editar fotos, videos e podemos fazer colagens na plataforma. Como não somos profissionais, nem trabalhamos nesta área sentimos que não temos a necessidade de utilizar softwares mais complexos como o Adobe. Gostamos também da facilidade de poder editar com o telemóvel, visto que o mesmo é mais portável.

Webgrafia

Capítulo V

Compressão de imagem: http://gec.di.uminho.pt/lesi/vpc0405/Aula06Compress%C3%A3o.pdf (18/02/2024)Imagem digitas e seus atributos: https://www.domestika.org/pt/blog/7350-o-que-e-uma-imagem-vetorial (16/02/2024)https://anasoares1.wordpress.com/2010/11/22/introducao-a-imagem-digital-definicao-de-pixel-e-cores-digitais/ (18/02/2024)Formatos de ficheiro:https://neilpatel.com/br/blog/formatos-de-imagem/ (18/02/2024)https://felisberto-bianca.blogspot.com/2014/11/pixel-resolucao-profundidade-de-cor-e.html (18/02/2024)Edição de imagem:https://canaltech.com.br/apps/quais-os-melhores-aplicativos-para-edicao-de-fotos/ (16/02/2024)https://www.techtudo.com.br/listas/2023/12/10-aplicativos-gratis-para-editar-fotos-no-celular-android-e-iphone-ios-edapps.ghtml (16/02/2024)

Curiosidades:No ano de 1957, Russel Kirsch, trabalhando no National Bureau of Standards (NBS), foi responsável por criar a primeira imagem digital. Em 1975, a Kodak introduziu no mercado a primeira máquina fotográfica digital. Essa máquina tinha a capacidade de capturar apenas fotografias em preto e branco, com uma resolução de aproximadamente 100×100 pixels (equivalente a 0,01 megapixels). Com um peso de 3,6 quilogramas, era uma câmera relativamente pesada para a época e levava cerca de 23 segundos para capturar uma única fotografia.

  • Píxeis e mapas de bits;
  • Resolução;
  • Profundidade de cor;
  • Tamanho do ficheiro;
  • Brilho, contraste e saturação;
  • Modelos de cor.