Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Cidadania e Desenvolvimento9ºD
Feito por:Gonçalo Rodrigues - Nº11Fábio Fernandes - Nº9Martim Silva - Nº14Martim Pereira - Nº15

A pobreza dos Imigrantes em Portugal

Em 2022, Portugal obteve um número de imigrantes bem elevado, devido à guerra entre a Ucrânia e a Rússia. São 781.915 imigrantes (O dobro de há 10 anos atrás), no qual 1 em cada 3 vive em risco de pobreza, ganhando apenas o salário mínimo de 665 euros por mês.
Portugal é o 4º país com maior precariedade laboral entre os imigrantes, a seguir à Croácia (48%), aos Países Baixos (38%) e à Polónia (36%).
A taxa de desemprego dos imigrantes é mais do dobro da média nacional, e mais de um terço tem um trabalho temporário.
O Brasil, o Reino Unido e o Cabo Verde são os 3 países que mais migram para Portugal em 2020, com idades entre os 15 e os 64 anos para viver em Portugal e para encontrar melhores condições de vida e de trabalho.
Com o salário mínimo de 665 euros que os imigrantes ganham, é raro encontrar apartamentos a menos de 500 euros em Lisboa, por isso eles decidem ir para uma barraca pequena para viver lá até conseguir dinheiro para uma casa mais espaçosa, mas maior parte dos imigrantes decide ir para o litorar de Portugal, onde podem encontrar melhores condições de vida e podem principalmente encontrarem emprego.