Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

Transcript

Start

Por: Valentino Lopes, Érica Júlio, Diogo Mael, Rui Lopes

Cursos de águade Felgueiras

O que exatamente é um curso de água?

O que é Um Curso de água?

+ info

Rio Mezio

Um curso de água é qualquer corpo hídrico fluente, como rios, riachos e ribeiros. Eles são responsáveis pela transportação de água no meio.

Definição deCurso de água

É o curso de água que desagua em um rio principal ou em um lago.

Afluente de um rio

Ponto de junção de dois fluxos de água para formar um novo rio

Confluência de um Rio

A Nascente é o local onde nasce um rio e a foz onde o mesmo desagua.

Nacente e Foz

O Leito é a área ocupada pelo rio e a margem é o ponto onde a água encontra-se com o solo.

Leito e Margem

Principais Constituintes de um rio

Onde a água flui em Felgueiras?

Principais Cursos de água de Felgueiras

Rios do Concelho de Felgueiras

Rio Sousa

Rio Mezio

Rio Cavalum

Rio Vizela

Biodiversidade

Terminar

Imagem

Voltar

O Rio Sousa, afluente do Rio Douro, tem 65 km de extensão, nascendo em Friande, Felgueiras, e desaguando em Foz do Sousa, Gondomar. Atravessa diversos concelhos e possui afluentes significativos, como o Rio Ferreira. Sua bacia apresenta galerias ripícolas, matas autóctones e áreas húmidas. É um local popular para caminhadas, especialmente na região de Pedreira.

Rio Sousa

Imagem

Voltar

O Rio Vizela, afluente do rio Ave, tem nascente no concelho de Fafe, atravessa concelhos como Felgueiras e Guimarães nos seus 45km de extensão. É neste rio que se encontra a barragem de Queimadela. A foz do Vizela converge na margem esquerda do rio Ave no concelho de Santo Tirso. Uma curiosidade é que num percurso de mais de cem metros, o rio desaparece debaixo de penedos enormes, para surgir logo adiante de forma violenta.

Rio Vizela

Imagem

Voltar

O rio Cavalum é um rio que nasce em Portugal, no concelho de Penafiel, perto da freguesia de Croca, na localidade de Casais Novos. É um afluente do rio Sousa, e pertence à bacia hidrográfica do Rio Douro. A presa identificada como nascente do rio Cavalum, está envolta em silvados.

Rio Cavalum

Imagem

Voltar

O rio Mezio, também anteriormente conhecido pelo nome de ribeira de S. Cristóvão é um rio de Portugal. Nasce na serra de Barrosas, na freguesia de Sousela, concelho de Lousada, e corre pelas freguesias de Covas, Ordem, Casais, Nevogilde, Beire, Lodares e Bitarães.

Rio Mezio

Voltar

Fauna

Flora

A biodiversidiade

Espero que tenham gostado

Obrigado!

Got an idea?

Let the communication flow!

With Genially templates, you can include visual resources to wow your audience. You can also highlight a particular sentence or piece of information so that it sticks in your audience’s minds, or even embed external content to surprise them: Whatever you like!Do you need more reasons to create dynamic content? No problem! 90% of the information we assimilate is received through sight and, what’s more, we retain 42% more information when the content moves.

  • Generate experiences with your content.
  • It’s got the Wow effect. Very Wow.
  • Make sure your audience remembers the message.
Flora No Rio Sousa

A sub-bacia do rio Sousa apresenta galerias ripícolas bem estruturadas, com predominância de amieiros, salgueiros-negros e freixos. Destaca-se o potencial do narciso endémico Narcissus cyclamineus e a diversidade vegetal em áreas húmidas. Além dos rios principais, afluentes e pequenos cursos de água também têm importância, assim como matos rasteiros nas áreas serranas e remanescentes de carvalhais. Ambientes rochosos, como na zona da Senhora do Salto, abrigam espécies endémicas valiosas.

Tipos de curso de água.

Podemos distinguir dois tipos de cursos de água:-Principais: Os cursos de água principaissão corpos hídricos que desaguam em outro corpo hídrico como um mar, lago ou outro rio. São exemplos rios e os seus afluentes.-Secundários: Os cursos de água secundários são corpos hídricos com menores dimensões que os rios. São exemplos ribeiros e riachos.

Fauna no Rio Sousa

A sub-bacia do rio Sousa é caracterizada por suas galerias ripícolas, onde árvores como amieiros, salgueiros-negros e freixos predominam. Destacam-se o potencial do narciso endémico Narcissus cyclamineus e a diversidade vegetal em áreas húmidas. Matos rasteiros e ambientes rochosos abrigam espécies endémicas, enquanto remanescentes de carvalhais contribuem para a biodiversidade, ressaltando a importância da região para a conservação da flora.