Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Start

Trabalho de geografia do 9º ano realizado por:

Catastrofes ambientais

Laura nº14Camille nº24 Nathalia nº25Catarina nº07João Freitas nº12Ana Alves nº03

Sustentabilidades

Noticia retirada do Sapo24 no dia 31/1/24

"Verifica-se uma situação preocupante, com registo de poluição em 49 dos 54 sistemas aquíferos com dados disponíveis”, refere a Zero num comunicado para assinalar o Dia Nacional da Água que hoje se assinala. A associação adianta que a agricultura e pecuária intensivas “continuam a poluir intensamente os aquíferos”, uma situação que foi detetada na análise dos dados sobre a presença de azoto amoniacal e de nitratos nas águas subterrâneas entre 2018 e 2020, com base na informação disponibilizada pela Agência Portuguesa do Ambiente."

Contaminação dos aquiferos noticias recentes:"Associação Zero alerta: poluição dos aquíferos ameaça água para consumo humano"

Consiste no processo de contaminação das águas subterranêas através da infiltração de microrganismos ou substâncias quimicas, impossibilitando a sua utilização.

Contaminação dos aquiferos- o que é

  • Residuos domésticos e industriais não tratados;
  • Agricultura e Pecuária Intensivas: A atividade agrícola e a pecuária intensiva são principais fontes de poluição dos aquíferos. O uso excessivo de fertilizantes nitrogenados e a presença de azoto amoniacal e nitratos nas águas subterrâneas;
  • Salinização: A perfuração inadequada de poços, a retirada excessiva de água e a destruição de áreas verdes que protegem e recarregam os aquíferos podem levar à salinização dessas fontes de água;
  • Poluição Antropogênica: Derramamento de substâncias tóxicas (como óleos, esgotos e resíduos químicos), manutenção inadequada de sistemas de extração de poços e urbanização nas zonas de recarga dos aquíferos também contribuem para a contaminação;
  • Infiltração de Efluentes Industriais: A infiltração de efluentes industriais, vazamentos e aterros sanitários próximos aos aquíferos também podem introduzir poluentes na água subterrânea.

Pode ser causada por:

Contaminação dos aquiferos- causas

Causas e consequências:Derretimento das calotas polares e aumento do nível do mar.

e A principal causa das alterações climáticas e o efeito Estufa.Alguns gases presentes na Atmosfera terrestres funcionam como as paredes de vidro de uma estufa semelhantes a de uma estufa. de Estufa retendo o calor do Sol e impedindo-o de escapar para o Espaço,o que contribui para o aquecimento do planeta

O Efeito Estufa e um processo físico que ocorre quando uma parte da Radiação infravermelha é emitida pela superfície Terrestre e absorvida por determinados gases presentes na atmosfera, os chamados gases com Efeito estufa (GEE)

(Aumento do) Efeito de estufa

Principais consequências:

  • Perda da Qualidade da Água Potável: A contaminação compromete a qualidade da água destinada ao consumo humano;
  • Diminuição da Biodiversidade: Animais e plantas aquáticas são afetados, prejudicando os ecossistemas locais;
  • Contaminação do Nível Freático: A água subterrânea fica imprópria para uso devido à presença de poluentes;
  • Proliferação de Doenças: Doenças como hepatite, cólera e leptospirose podem ser transmitidas por águas contaminadas.

Contaminação dos aquiferos-consequências

Principais consequências:

  • Perda da Qualidade da Água Potável: A contaminação compromete a qualidade da água destinada ao consumo humano;
  • Diminuição da Biodiversidade: Animais e plantas aquáticas são afetados, prejudicando os ecossistemas locais;
  • Contaminação do Nível Freático: A água subterrânea fica imprópria para uso devido à presença de poluentes;
  • Proliferação de Doenças: Doenças como hepatite, cólera e leptospirose podem ser transmitidas por águas contaminadas.

Contaminação dos aquiferos-consequências

  • Estabelecer Padrões de Qualidade Ambiental: Definir padrões rigorosos para a qualidade da água subterrânea e monitorar regularmente os aquíferos para garantir a conformidade;
  • Punir Poluidores: Implementar penalidades significativas para aqueles que poluem os aquíferos, de forma que a reincidência não seja compensadora;
  • Controle Hidráulico e Barreiras: Utilizar poços de extração ou barreiras hidráulicas para conter a fonte de contaminação;
  • Recuperação de Áreas Atingidas: Investir na recuperação de áreas já contaminadas, restaurando a qualidade da água subterrânea;
  • Conscientização e Educação: Estabelecer canais de informação e conscientização sobre a importância da preservação ambiental e do uso responsável dos aquíferos;
  • Análise da Capacidade de Armazenamento: Avaliar a capacidade de armazenamento nos aquíferos e considerar os efeitos de interferência local e regional;
  • Definir Direitos de Extração e Volumes Recuperáveis: Estabelecer regras claras para a extração de água subterrânea e limitar os volumes retirados.

Contaminação dos aquiferos- prevenção e mitigação

INTRODUCTION HERE
O Smog é formado principalmente de uma inversão térmica que ocorre em épocas frias do ano e em lugares com muita poluição

An awesome title

INTRODUCTION HERE
Describe the problem you’re going to resolve and, above all, the reason why your idea is interesting

An awesome title

Smoke = Fumo Fog = nevoueiroSmoke + Fog =Smog

An awesome title

Explicação do nome:

Formação de Smog

Here you can put an important title

Quais os gases que o smog pode originar? Gases como o ozônio, dióxido de enxofre, dióxido de nitrogênio e monóxido de carbono são prejudiciais especialmente para idosos, crianças e pessoas com problemas cardiopulmonares como enfisema, bronquite e asma, e a exposição prolongada pode causar câncer e morte prematura.

https://www.publico.pt/2023/11/02/azul/noticia/nevoa-toxica-gera-alarme-india-nova-deli-trava-obras-entrada-camioes-gasoleo-2068836

https://www.publico.pt/2023/11/02/azul/noticia/nevoa-toxica-gera-alarme-india-nova-deli-trava-obras-entrada-camioes-gasoleo-2068836

Contextualize your topic

An awesome title

https://www.publico.pt/2023/12/19/azul/noticia/smog-raro-deixa-sydney-nova-deli-incendios-preocupam-australia-2074204

Quais os gases que o smog pode originar? Gases como o ozônio, dióxido de enxofre, dióxido de nitrogênio e monóxido de carbono são prejudiciais especialmente para idosos, crianças e pessoas com problemas cardiopulmonares como enfisema, bronquite e asma, e a exposição prolongada pode causar câncer e morte prematura.

Formação do smog

efeito da terra e do ser humano, como evitar:

A qualidade do ar em Sidney desceu a pique dia 19 de dezembro 2023 para níveis que ficam ao nível dos piores do mundo, uma vez que o fumo dos incêndios florestais no norte da Austrália cobriu a cidade portuária, deixando grandes áreas da metrópole com índices semelhantes aos de Nova Deli, uma das capitais mais populosas (e poluídas) do mundo

Write an awesome subtitle here to provide context

INTRODUCTION HERE

Write an awesome title

Noticias

Formação de smog

https://www.publico.pt/2023/12/19/azul/noticia/smog-raro-deixa-sydney-nova-deli-incendios-preocupam-australia-2074204

Deli. Incêndios preocupam Austrália

  • As atividades Humanas ligadas á Indústria,as Atividades Agrícolas,A Desflorestação e o Aumento do uso dos Transportes

tópicos do que pode causar o efeito estufa

  • e o Òxido Nitroso
  • As atividades Humanas ligadas à industria
  • O dióxido de Carbono(Co2)
  • O Metano

O que causa o efeito estufa

A principal causa das alterações climáticas e o efeito estufa. Alguns gases presentes na atmosfera terrestres funcionam como as paredes de vidro de estufa retendo o calor do Sol e impedindo-o de escapar para o espaço,o que contribui para o aquecimento do planeta.

Quantos incêndios estão ativos em Portugal? Ponto de situação. A esta hora, há seis fogos ativos em todo o país, que mobilizam mais de 1100 operacionais e perto de 400 viaturas.

Noticias recentes:

  • Queimadas mal programadas;
  • Fogos de artifício;
  • Cigarros mal apagados.

Humanas negligentes:

Humanas intencionais:

  • Prática de agricultura de queimada;
  • Expansão urbana;
  • Crime: fogo-posto por incendiários
  • Vento e temperaturas elevadas;
  • Raios
  • Vulcões/sismos
Causas naturais
  • Perda de vidas humanas e habitações;
  • Fome por diminuição da oferta de produtos no mercado;
  • Aumento das migrações e da populção urbana.

Socioeconomicas:

  • Redução da biodiversidade e perda de habitats para os seres vivos.
  • Redução da disponibilidade hídrica;
  • Aumento do efeito estufa, por diminuiçao da absorção de CO...

Consequências dos incendios ambientais:

Fogo não planeado e sem controlo numa área florestal, por causa natural humana. Exige intervenção especializada para seu controlo e redução.

Incêncio Florestal:

A prevenção e proteção dos incêndios depende da informação e sensibilização dirigida ás populações relacionada com a limpeza das florestas, a preservação das áreas protegidas e o cumprimento da legislação.

Medidas de prevenção:

Degradação dos solos: o que é?

A degradação do solo é um processo relacionado com a sua destruição, que pode ser causadas por ações humanas inadequadas ou fatores naturais. A degradação do solo resulta em prejuízos para o meio ambiente e a agricultura.

  • Aridez;
  • Chuvas intensas;
  • Desflorestação;
  • Aumento da produtividade agrícola;
  • Pecuária intensiva;
  • Entre outros.

Degradação dos solos: causas

  • Aumento do êxodo rural, das migrações e da população humana;
  • Aumento da pobreza fome e subnutrição;
  • Aumento de doenças por falta de água potável;
  • Conflitos locais e intabilidade política.
Consequências sociais e políticas:
  • Diminuição da produção agrícola e pecuária;
  • desemprego e perda de receitas económicas.
Consequências económicas:
  • Redução dos recursos hídricos e aumento dos níveis de poluição;
  • Perda de solo arável e de biodiversidade;
  • Aumento dos períodos de seca.
Consequências ambientais:

Degradação dos solos: consequências

  • Promoção do uso racional do solo e da água;
  • Implementação de mecanismos e sistemas de controlo de perdas;
  • Aplicação de políticas de ordenamento do território de preservação dos recursos naturais;
  • Implementação de práticas agrícolas e pecuárias sustentáveis;
  • Manutenção da cobertura vegetal, sobretudo em áreas de declive acentuado;
  • Recuperação de áreas afetadas e promoção da reflorestação.
Degradação dos solos: medidas de prevenção e mitigação

https://diariodoalentejo.pt/pt/noticias/15868/trinta-e-oito-por-cento-do-baixo-alentejo-com-suscetibilidade-critica-35-por-cento-muito-elevada-e-21-por-cento-elevada.aspx

"Os solos do Baixo Alentejo têm vindo, nos últimos anos, a registar “um elevado grau de degradação”, como consequência da desertificação". "Dados apresentados no final da semana passada pelo REA Alentejo, um projeto promovido pela Associação de Defesa do Património de Mértola, dão conta que cerca de 94 por cento do Baixo Alentejo “é suscetível à desertificação”. "Dos diversos fatores que explicam o fenómeno, destacam-se as alterações climáticas e o uso intensivo do solo".24 de março de 2023

Trinta e oito por cento do Baixo Alentejo com suscetibilidade crítica, 35 por cento muito elevada e 21 por cento elevada

Noventa e quatro por cento do Baixo Alentejo “é suscetível à desertificação”

Degradação dos solos: notícia recente

Eutrofização

Eutrofização consiste no processo de aumento de nutritentes, como o nitrogénio e fósforo, num ambiente aquático, ocasionando principalmente a proliferação excessiva de algas, que formam uma barreira que impede a penetração de raios solares, inviabilizando a oxigenação da água e a fotossíntese

Eutrofização: causas

  • as principais causas da eutrofização são:
  • o uso de agrotóxicos na agricultura, que influenciam no aumento de nutrientes no lago ou represa
  • os esgotos urbanos, que trazem variós nutrientes para o ecossistema aquático

Eutrofização: impactes

  • ambientais: contaminação das águas superficias, destruiçao do ecossistema, morte da fauna e da flora
  • economicos: elevados custos para remoção da poluição da água, e consequencias nas atividades piscatória e turística

Eutrofização: prevenção e soluções

  • existem duas estretegias de controlo de prevenção:
  • preventivas:
  • redução das fontes externas para diminuir a concentração de fósforo e nitrogénio
  • controle e tratamento do esgoto urbano
  • diminuição do uso de agrotóxicos
  • corretivas:
  • atuação mecânica ou biológica no lago ou represa
  • remoção de nutrientes do lago ou represa

"Segundo o prefeito de Sabino, Éder Ruiz Magalhães de Andrade, nesse período do ano ocorre o fenômeno da eutrofização, o excesso de nutrientes no rio provocado por adubos e esgoto não tratado. O fenômeno provoca a proliferação das algas, tirando o oxigênio da água e causando a mortandade de peixes" g1.globo.com

"Prefeitura retira uma tonelada de peixes mortos do Rio Tietê em Sabino"

Eutrofização: Noticia