Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

Transcript

Iqbal Masih

Iqbal Masih nasceu em 1983 em Muridke, uma cidade comercial fora de Lahore no Paquistão. Aos 4 anos, foi vendido como escravo pela sua família.

A família de Iqbal pediu emprestados 600 rupees (cerca de $7,42) a um empregador local que tinha uma empresa de tecelagem de tapetes, e, em troca, Iqbal ia trabalhar como tecedor de carpetes até a dívida estar paga. Todos os dias, ele acordava antes do nascer do sol e fazia o seu longo caminho pela estrada escura da sua cidade até à fábrica, onde ele e muitas outras crianças eram amarradas com correntes para impedir que fugissem. Ele trabalhava 12 horas por dia, sete dias por semana, apenas com um intervalo de 30 minutos, era pago em 3 cents por dia pelo empréstimo, mas não interessava o que Iqbal fazia, a dívida cada vez era maior e maior. Iqbal tinha menos de 1,20 metros e pesava apenas 20 quilos.

Aos 10 anos, Iqbal fugiu da sua escravidão, depois de aprender que trabalho escravo era ilegal pelo Supremo Tribunal do Paquistão. Mas foi apanhado pela polícia e devolvido a Arshad tendo-lhe sido dito que o amarrasse de cabeça para baixo se ele tentasse escapar novamente.

Iqbal fugiu uma segunda vez e mais tarde juntou-se à Frente de Libertação do Trabalho Escravo do Paquistão para ajudar a acabar com o trabalho escravo infantil em todo o mundo.

Iqbal levou um tiro fatal em Muridke a 16 de Abril de 1995, pouco depois de voltar da sua viagem à América. Tinha 12 anos na altura. Alguns dizem que foi morto por um agricultor, outros dizem que ele foi assassinado devido à sua influência sob o trabalho escravo. O seu funeral teve a presença de aproximadamente 800 pessoas.