Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

Falácias informais

O1

Trabalho realizado por: Daniel Jerónimo Manuel Januário Rodrigo Guerreiro

O que são falácias informais?

Falácias informais são erros no raciocínio ou na lógica de um argumento que parece ser frequentemente bom sem o ser e ocorrem devido a deficiências na sua estrutura, em oposição às falácias formais, que envolvem erros específicos nas proposições lógicas. O carácter falacioso das falácias informais decorre de outros aspetos que não a sua forma lógica. As falácias informais são mais subtis e muitas vezes exploram aspetos emocionais, psicológicos ou linguísticos para enganar ou persuadir.

Uma falácia de falso dilema ocorre quando uma situação em que numa das premissas se consideram apenas duas opções/possiblidades, enquanto na realidade existem mais opções disponíveis que não estão a ser consideradas.

Falso dilema

reflect

Podemos refutar uma falácia de falso dilema introduzindo outra possiblidade e outras perspetivas relevantes que não foram mencionadas, mostrando assim que a disjunção apresentada nas premissas é falsa.

Como refutar?

Falso dilema exemplos:

exemplo 1:

Ou concordas comigo, ou concordas com ele.

1

2

Não concordas comigo.

3

Logo concordas com ele.

Podemos refutar esta falácia a dizer que podias concordar com os dois ou então que não concordas com ninguém.

exemplo 2:

1

Ou apoias totalmente o sistema educacional, ou estás contra o progresso educacional.

Não apoias totalmente o sistema educacional.

3

Logo estás contra o progresso educacional.

Podemos refutar esta falácia a dizer que podias discordar com algumas coisas do sistema educaional porém não estás contra o progresso educacional.

2

Volver a repasar

Volver a repasar

Uma falácia de falsa relação causal ocorre quando se assume erradamente que, porque um evento ocorre antes do outro, o primeiro evento vai ser a causa do segundo, ou seja, uma mera sucessão temporal.

Falsa relação causal

reflect

Podemos refutar uma falácia de falsa relação causal mostrando que existem outros fatores que podem estar a contribuir para a relação entre os eventos e que um dos eventos podia ter ocorrido sem que o outro ocorresse.

Como refutar?

Falsa relação causal exemplos:

exemplo 1:

Sempre que uso uma t-shirt vermelha a minha equipa ganha.

1

2

Logo a minha equipa ganha sempre que uso a minha t-shirt vermelha.

Podemos refutar esta falácia a dizer que pode ser apenas coincidência que quando ele usa a t-shirt vermelha a equipa ganha ou então como a equipa ganha todos os jogos não tem a haver com a t-shirt que ele usa.

exemplo 2:

1

Depois de tomar este medicamento melhorei significativamente.

2

Portanto, o medicamento é a razão da minha melhora.

Podemos refutar esta falácia dizendo que depois de ter tomado o medicamento ocorreram vários fatores para que melhorasse.

Volver a repasar

Volver a repasar

A falácia Ad populum recorre-se à opinião da maioria, ou seja a opinião popular, para estabelecer a verdade de uma determinada proposição.

Ad populum

reflect

Podemos refutar uma falácia Ad populum mostrando que a crença popular não é apoiada por evidências confiáveis, fatos ou dados verificáveis e que a maioria pode ser ignorante acerca do assunto em questão e que a verdade (ou a falsidade) da proposição não pode ser estabelecida pela opnião da maioria.

Como refutar?

Ad populum exemplos:

exemplo 1:

Existem tantas pessoas que assistem a esse programa de televisão.

1

2

Podemos refutar esta falácia dizendo que esse programa não tem qualidade e que a preferência pessoal varia de pessoa para pessoa.

exemplo 2:

1

A maioria das pessoas concorda que este é o melhor restaurante da cidade.

2

Então o restaurante deve ter a melhor comida da cidade.

Podemos refutar esta falácia dizendo que a preferência por comida é subjetiva, e a opinião da maioria não determina a qualidade gastronómica.

Então o programa deve ser engraçado e inteligente.

Volver a repasar

Volver a repasar

A falácia de apelo à ignorância ocorre quando alguém argumenta que uma afirmação é verdadeira porque não há evidências contra ela, ou vice-versa, ou seja, essa falácia baseia-se na falta de evidências contrárias para sustentar a validade de uma alegação.

Apelo à ignorância

reflect

Podemos refutar uma falácia de apelo à ignorância mostrando que a ausência de provas pode ser devido a limitações na nossa compreensão ou métodos de investigação e não à falsidade da proposição.

Como refutar?

Apelo à ignorância exemplos:

exemplo 1:

Até hoje ninguém conseguiu provar que não existem extraterrestres.

1

2

Podemos refutar esta falácia dizendo que devido à ausência de prova da inexistência de extraterrestres não prova sua existência.

exemplo 2:

1

Até hoje ninguém conseguiu provar que Deus existe.

2

Logo Deus não existe.

Podemos refutar esta falácia dizendo a falta de evidências contrárias não confirma automaticamente a falsidade da afirmação.

Logo extraterrestres existem.

Volver a repasar

Volver a repasar

A falácia Espantalho consiste em mostrar que se refutou uma determinada teoria atacando uma versão simplificada, muitas vezes distorcendo ou exagerando as posições do oponente.

Espantalho

reflect

Podemos refutar uma falácia de espantalho mostrando que o argumento falha o alvo, pois limita-se a criticar uma caricatura da posição em análise destacando que o interlocutor distorceu ou simplificou o argumento.

Como refutar?

Espantalho exemplos:

exemplo 1:

A lógica proposicional defende que os argumentos válidos levam sempre a conclusões verdadeiras.

1

2

Mas isso é claramente falso.

3

Logo a lógica proposicional é uma teoria errada.

Podemos refutar esta falácia dizendo que podias concordar com os dois ou então que não concordas com ninguém.

exemplo 2:

1

Ele quer abrir as fronteiras e permitir que qualquer pessoa entre no país sem controle, arriscando a segurança nacional.

2

Isso é claramente falso.

3

Logo ele querer abrir as fronteiras é uma teoria errada.

Podemos refutar esta falácia dizendo que proposta dele é uma revisão cuidadosa das políticas buscando equilibrar a justiça no processo de imigração com a segurança nacional.

Volver a repasar

Volver a repasar

A falácia de derrapagem mostra que ao aceitar uma determinada posição, inevitavelmente levará a consequências indesejáveis, quando, na realidade um dos elos dessa cadeia de implicações é falso ou cadeia no seu todo é altamente improvável.

Derrapagem

reflect

Podemos refutar uma falácia de derrapagem mostrando que uma das implicações em que se baseia o argumento é falsa ou que a sequência de implicaações em todo é altamente improvável. Também podemos sugerir outras possíveis consequências ou cenários.

Como refutar?

Derrapagem exemplos:

exemplo 1:

Se não conseguir passar na próxima frequência não passo na cadeira

1

2

Se tiver má nota na frequência, não vou conseguir arranja emprego

3

Logo, se não passar na próxima cadeira não vou ter emprego.

Podemos refutar esta falácia dizendo que o emprego que ele quer não é preciso que ele passe naquela cadeira.

exemplo 2:

1

Se começarmos a permitir flexibilidade nos horários, os funcionários começarão a ser mais descuidados

2

Se os funcionário se começarem a desleixar, a produtividade da empresa vai baixar.

3

Logo se começarmos a permitir flexibilidade nos horários a produtividade do trabalho vai baixar

Podemos refutar esta falácia dizendo que a produtividade do trabalho deve-se a outras causas como por exemplo uma máquina ter avariado

Volver a repasar

Volver a repasar

Generate experiences with your content.It’s got the Wow effect. Very Wow.Make sure your audience remembers the message.Activate and surprise your audience.

Create a new layer with all the Genially features.

Bring it to life with an interactive window

Got an idea?

Generate experiences with your content.It’s got the Wow effect. Very Wow.Make sure your audience remembers the message.Activate and surprise your audience.

Create a new layer with all the Genially features.

Bring it to life with an interactive window

Got an idea?

Generate experiences with your content.It’s got the Wow effect. Very Wow.Make sure your audience remembers the message.Activate and surprise your audience.

Create a new layer with all the Genially features.

Bring it to life with an interactive window

Got an idea?

Generate experiences with your content.It’s got the Wow effect. Very Wow.Make sure your audience remembers the message.Activate and surprise your audience.

Create a new layer with all the Genially features.

Bring it to life with an interactive window

Got an idea?

Generate experiences with your content.It’s got the Wow effect. Very Wow.Make sure your audience remembers the message.Activate and surprise your audience.

Create a new layer with all the Genially features.

Bring it to life with an interactive window

Got an idea?

Generate experiences with your content.It’s got the Wow effect. Very Wow.Make sure your audience remembers the message.Activate and surprise your audience.

Create a new layer with all the Genially features.

Bring it to life with an interactive window

Got an idea?