Want to make creations as awesome as this one?

More creations to inspire you

BERTA CÁCERES

Interactive Image

DESMOND TUTU

Interactive Image

VANDANA SHIVA

Interactive Image

CRAIG HODGES

Interactive Image

VIRTUAL LIBRARY

Interactive Image

TRAIN

Interactive Image

Transcript

Video Quizz

Influências

Neoplasticismo

Biografia

Trabalhos

Pieter Cornelis Mondrian, geralmente conhecido por Piet Mondrian (Amersfoort, 7 de março de 1872 - Nova Iorque, 1 de fevereiro de 1944), foi um pintor neerlandês modernista. Criou o movimento artístico neoplasticismo e colaborou com a revista De Stijl e depois com as formas da pintura concreta.

Piet Mondrian

Neoplasticismo

ou movimento De Stijl (O Estilo) propunha uma estética renovadora baseada na depuração formal. A característica básica desse movimento fica clara na frase de um dos seus criadores, Doesburg, que disse: “Despimos a natureza de todas as suas formas e só ficará o estilo”. As características do movimento se resumem: Depuração das formas até chegar em seus componentes fundamentais: linhas, planos e cubos; Totalmente racionalista; Estruturação a base de uma harmonia de linhas e massas coloridas retangulares de diversas proporções, sempre verticais, horizontais e formando ângulos retos; Criação de ritmos assimétricos, mas com grande sentido de equilíbrio; Cores planas, de caráter saturadas (primários: amarelo, azul e vermelho) ou tonal (branco, negro e cinza); O ângulo reto é símbolo do movimento, sendo rigorosamente aplicado à arquitetura.

Neoplasticismo

A silhueta das linhas formando quadrados é capturada estendendo essas linhas para sugerir um padrão. Estender linhas no neoplasticismo equivale às expressões exageradas para definir a forma abstrata no dadaísmo com meios para destruir os traços reconhecíveis. De Stijl usou a atitude exagerada do dadaísmo para construir vitrais com atitude simplificada no uso de formas, mas abordagem vanguardista na aplicação de cores primárias e praticidade além da definição padrão de uma janela e estética de um vidro e moldura.

Influências

Piet Mondrian

  • Árvores à Luz da Lua (1908)
  • A Árvore Vermelha (1908)
  • Copo de Leite (1909)
  • O Moinho Vermelho (1910)
  • A Árvore Cinzenta (1911)
  • Macieira em Flor (1912)
  • Composição com Cores B (1917)
  • Composição em Tabuleiro com Cores Claras (1919)
  • Composição em Vermelho, Amarelo e Azul (1921)
  • Composição A (1923)
  • Composição em Amarelo (1930)
  • Composição n. 10 (1942)
  • Broadway Boogie-Woogie (1942)

Pinturas de Mondrian

Responsável por um trabalho no qual buscava refletir as leis matemáticas universais, seu nome está relacionado à corrente da arte denominada neoplasticismo. Mondrian deixou uma obra importante que influenciou outros artistas, evidenciando-se nas artes gráficas e na arquitetura. Em 1892 ingressou na Academia Real de Artes de Amsterdam. Quando era iniciante pintava paisagens, mas já revelava uma inquietação peculiar ao moldar a natureza, os moinhos e as igrejas com uma visão geométrica do mundo. Suas obras mais antigas seguiram o estilo da Escola de Haia e dos impressionistas de Amsterdam. Por volta de 1909 começou a pintar em um estilo mais abstrato. Ao longo dos anos, objetos e paisagens foram se decompondo em traços básicos. Para Mondrian o mínimo era o máximo. “Na natureza, a superfície das coisas é bela, mas sua imitação é sem vida”, dizia ele.

Piet Mondrian (1872-1944) foi um artista holandês de destaque no movimento modernista europeu no início do século XX.

Depois de residir vários anos em Paris e Londres, em 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, mudou-se para Nova York, onde se permitia ouvir jazz e boogie-woogie e transpôs para a tela o andamento urbano e o ritmo agitado desses gêneros. Piet Mondrian faleceu em Manhattan, em Nova York, Estados Unidos, no dia 1 de janeiro de 1944.