Want to make creations as awesome as this one?

Reportagem exclusiva OP+ sobre teorias da conspiração

Transcript

Perna cabeluda

(Vários estados do Nordeste)

Loira do Banheiro

(Várias partes do mundo)

“Corta-bundas”

(José Walter, em Fortaleza, Ceará)

“Corta-bundas” do José WalterApesar da história preencher vários requisitos que poderiam classificá-la como uma lenda urbana, ela é verdadeira. Entre 1984 e 1987, no bairro José Walter, o maníaco Evandro Oliveira da Silva, de 26 anos, costumava invadir casas apenas para retalhar as nádegas de suas vítimas, sempre mulheres e crianças. Mais de 70 pessoas foram atacadas mas apenas três prestaram queixa. O criminoso foi capturado pela polícia e morreu assassinado no presídio.

Loira do BanheiroO espírito feminino que aparece em espelhos quando chamada pelo nome três vezes é conhecido em vários países, mas foi nos Estados Unidos que a Bruxa do Espelho ganhou força. Também chamada de Maria Sangrenta (em inglês, Bloody Mary), o nome era uma alusão à rainha Maria I, da dinastia Tudor, cujo reinado foi marcado por fome, peste e perseguições religiosas. No Brasil, foi usada a história real de Maria Augusta de Oliveira Borges, de Guaratinguetá (SP), no século XIX, que além de sofrer uma morte misteriosa, teve o corpo insepulto por dias até o túmulo ficar pronto e a mãe finalmente permitir o enterro.

Perna CabeludaO causo da perna decepada que perseguia as pessoas aos pulos e dava violentos chutes em quem se arriscava a sair à noite pelas ruas desertas surgiu no Recife na década de 70, mas logo tomou de conta das cabeças dos moradores dos estados vizinhos, como o Ceará. Diferentemente da maioria das lendas urbanas, essa teria um autor conhecido: o jornalista pernambucano Raimundo Carrero, que também é escritor.