Want to make creations as awesome as this one?

Transcript

7º A

Valpaços para o MUNDO!

Programa Eco-Escolas

DESAFIO UHU – Trabalhos premiados


No âmbito da dinamização da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, cuja temática se centrava nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, decidimos desafiar os alunos do 7.º A, a participar num concurso promovido pelo Programa Eco-Escolas. Neste concurso, os alunos, colaborativamente, teriam de elaborar uma ilustração collage (técnica que consiste em realizar uma composição de imagens, através da colagem de diversos tipos de materiais, formando um motivo ou uma nova imagem) sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Agora, já em período de férias, foi com grande satisfação que recebemos a notícia, por parte da ABAE (associação responsável pelo Programa Eco-Escolas) de que a nossa escola se encontra entre as premiadas no projeto “Desafio UHU”. Os nossos trabalhos receberam uma Menção Honrosa.


Parabéns a todos e sobretudo aos alunos do 7.º A, responsáveis pela elaboração dos trabalhos premiados. Esperamos que continuem a contribuir para proteger o nosso planeta.

https://desafiouhu.abae.pt/trabalhos-2021/collage-dos-ods/trabalho/?school=1568&activity=3&work=1

1

2

3

A Agenda global 2030 é um compromisso assumido por líderes de 193 Países e coordenada pelas Nações Unidas, por meio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

São 17 os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas a serem atingidas no período de 2016 a 2030, relacionadas a efetivação dos direitos humanos e promoção do desenvolvimento, que incorporam e dão continuidade aos 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

A importância da Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) #economia #ODS #sustentabilidade ambiental. No ano 2015 todos os Estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovaram a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, um plano de ação em prol das pessoas e do planeta onde estão englobados os 17 ODS.

Oi, bom dia ou boa noite como queiram. Sou o Fontinha e eu vou te explicar o que são os objetivos do desenvolvimento sustentável, ou seja, 17 ODS.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015 composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Nesta agenda estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de género, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento económico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estão organizados em 5 grandes pilares: Pessoas, Prosperidade, Planeta, Paz e Parcerias.

1º Pilar- Pessoas

Porque as sociedades se distinguem pela forma como as pessoas vivem, o desenvolvimento destas está associado à garantia de uma vida mais digna e igualitária;
2º Pilar- Prosperidade

As vidas das pessoas devem ser vividas com dignidade e esta só pode existir na medida em que possa ser suportada.

3º Pilar- Planeta

Constitui um aviso à população, avisando-a para moderar diariamente os seus hábitos de consumo, caso contrário tornam-se um risco cada vez maior para a sustentabilidade dos ecossistemas do planeta.
4º Pilar- Paz

Tem como objetivo garantir sociedades mais livres e justas, reduzindo as formas de violência e abuso, exploração, tráfico e tortura, assim como os fluxos legais de dinheiro e armas.

5º Pilar- Parcerias

Devido à existência de mercados globais, tanto de matérias primas, como de bens e serviços transformou a estabilidade financeira global num delicado equilíbrio de interdependência internacional.

Objetivo 1 – Erradicar a pobreza

Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.


As taxas de pobreza extrema em mais de metade em relação a 1990. Isto é um feito notável, contudo uma em cada cinco pessoas ainda vive com menos de um euro por dia. A pobreza é mais do que a falta de dinheiro e recursos e, por isso, é necessário assegurar condições de vida digna e sustentável. A fome, o acesso limitada à educação e a outros serviços básicos, a discriminação e a exclusão social, bem, como a falta de participação na tomada de decisões, têm que acabar. O crescimento económico deve ser inclusivo para gerar empregos sustentáveis e promover a igualdade de maneira a que as pessoas possam ter o seu próprio sustento.

O meu objetivo é o 2 que consiste em acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável ou seja é tempo de repensarmos na nossa alimentação, a forma como a produzimos, compartilhamos e consumimos. A agricultura, a silvicultura e a pesca podem fornecer alimentos nutritivos para todos e gerar rendimentos dignos, apoiando ao mesmo tempo o desenvolvimento rural. O setor agrícola - em participar a agricultura familiar – oferece soluções chave para o desenvolvimento e é central para a erradicação da fome e da pobreza.

O objetivo 4 consiste em assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

Nas últimas décadas os progressos na promoção do acesso universal à educação primária para crianças ao redor do mundo.

Algumas das metas do objetivo são: garantir que todos completam o ensino primário e secundário que deve ser livre; garantir que todos tenham acesso a um desenvolvimento de qualidade na primeira fazer da infância; assegurar a igualdade de acesso para homens e mulheres à educação técnica; eliminar desigualdades de género na educação.

Objetivo 5 - igualdade de género

O que é igualdade de género?

Igualdade de género - Homem = Mulher.

Fazer com que tenham o mesmo salário as mesmas oportunidades, direitos e deveres defender que o homem não é mais do que a mulher, nem a mulher é mais do que o homem.

Igualdade de gênero é defender que somos todos iguais, somos humanos independente se somos do sexo masculino ou feminino.

Objetivo 6 – A missão do objetivo seis e que ate 2030 toda a gente tenha agua potável e saneamento para melhorar a qualidade de vida da população .

Até 2030, assegurar o acesso universal, de confiança, moderno e a preços acessíveis aos serviços de energia e aumentar substancialmente a participação de energias renováveis na matriz energética global.

Nos 17 objetivos do desenvolvimento sustentável, o objetivo 8 tem como sustentar o crescimento económico, atingir níveis mais elevados de produtividade das economias através da diversificação, modernização tecnológica e inovação, promover politicas orientadas para o desenvolvimentos que apoiem as atividades produtivas, a criação de emprego digno, o empreendedorismo, a criatividade e a inovação e incentivar a formalização e o crescimento das micro, pequenas e médias empresas, inclusive através do acesso aos serviços financeiros. Até 2030, alcançar o emprego pleno e produtivo e trabalho digno para todas as mulheres e homens. Tomar medidas imediatas e eficazes para erradicar o trabalho forçado e acabar com a escravidão moderna. E até 2050, acabar o trabalho infantil em todas as formas.

Reduzir as desigualdades - objetivo10

A comunidade internacional tem feito vários progressos significativos no sentido de retirar as pessoas da pobreza. No entanto, a desigualdade persiste e permanecem grandes disparidades no aceso aos serviços de saúde e de educação. Terão que ser adotadas politicas centradas nas pessoas, no bem comum, inclusivas e universidades.

O objetivo 9, indústria, inovação e infraestruturas mais sustentáveis, tem como objetivo os investimentos nas infraestruturas, como os transportes, irrigação, energia e tecnologia da informação e comunicação, que são cruciais para alcançar o desenvolvimento sustentável, a capacitação das comunidades, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação. O crescimento da produtividade trará melhorias e resultados nos sectores da educação e da saúde.

Cidades e comunidades sustentáveis - objetivo 11

As cidades são centros de ideias, de comércio, cultura, ciência, produtividade, desenvolvimento social. Permitiram o avanço social e económico das populações, mas existem muitos desafios para que continuem a criar empregos e propriedade: congestionamento, a falta de fundos para fornecer serviços básicos, as infraestruturas em declínio, entre outros. Têm que ser desenvolvidas de forma planeada e integrada com outros centros habitacionais. É preciso também garantir qualidade de vida e acesso aos direitos básicos nas zonas rurais.

O clima e a terra estão a mudar, devemos alterar a consciência das pessoas para proteger o meio ambiente.

Para que esta ajuda se faça sentir devemos:

  • Implementar um plano em que todos os países tomem medidas executando programas sobre produção e consumos sustentáveis;
  • Utilizar eficientemente os recursos naturais;
  • Reduzir para metade o desperdício de alimentos;
  • Reduzir a aplicação de produtos químicos para minimizar os seus impactos negativos sobre a saúde humana e o meio ambiente;
  • Reduzir a geração de resíduos, prevenindo, reduzindo, reciclando e reutilizando;
  • Consciencializar, com informação relevante, as pessoas, para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza.

Objetivo 13 – Tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e os seus impactos.

As alterações climáticas são um desafio global. As emissões, mesmo que localizadas, afetam-nos a todos. É um problema que exige soluções a nível internacional e que exige, acima de tudo, uma cooperação internacional para ajudar os países em desenvolvimento. Para enfrentar a mudança climática, os países estão a tentar adotar, ainda este ano, um acordo global (COP21).

Conservar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

A água da chuva, o tempo, o clima , muito da nossa alimentação, e até mesmo o oxigénio no ar que respiramos, são fornecidos e regulamentados pelo mar. Ao longo da história, oceanos e mares têm sido vias vitais para o comércio e transporte. A gestão cuidadosa desde essencial recurso global é uma das prioridades chave para um futuro sustentável.

Objetivo 15 – Proteger a vida terrestre

Proteger, restaurar e promover a utilização sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir as florestas de forma sustentável, combater a desertificação, travar e reverter a degradação da terra e estancar a perda de biodiversidade.

Tomar medidas urgentes e significativas para reduzir a degradação de habitat naturais, travar a perda de biodiversidade e, proteger e evitar a extinção de espécies ameaçadas.

OBJETIVO 6 – PAZ, JUSTIÇA E INSTITUIÇÕES EFICAZES

Promoção de sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável e oferto de acesso à justiça para todos. Não há desenvolvimento sem paz. Nem paz, nem exclusão. Não há reposição da paz sem acesso à justiça.

Fortalecer a mobilização de recursos internos, inclusive através do apoio internacional aos países em desenvolvimento, para melhorar a capacidade nacional de cobrança de impostos e outras fontes de receita.

Ajudar os países em desenvolvimento a alcançar a sustentabilidade da dívida de longo prazo através de políticas coordenadas destinadas a promover o financiamento, a redução e a reestruturação da dívida, conforme apropriado, e analisar a dívida externa dos países pobres altamente endividados de forma a reduzir o super endividamento.

Município de Valpaços

Projeto Afetos

Fundo Municipal de Emergência de Apoio às Microempresas

Projeto Regressar

Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar

Proteção Civil

Gabinete dos Espaços Verdes

Gabinete de Ação Social

Gabinete de Psicologia

Programa Rede Social (combater a pobreza e exclusão social)

Departamento Urbanismo e Ambiente

Serviço de Águas e Saneamento

Biblioteca Municipal

Auditório Arte e Cultura Luís Teixeira

Loja Ponto Já

Pavilhão Multiusos

Complexo/equipamentos Desportivos

Comissão Municipal de Defesa da Floresta

Conselho Municipal de Educação de Valpaços

Projeto "Férias em Grande"

Valpaços, A Essência Natural

Alert'Valpaços - Participação de Ocorrências e Reclamações

Juntas de Freguesia

Universidade Sénior

Santa Casa da Misericórdia de Valpaços

Casa do Povo de Vilarandelo

Loja do Cidadão de Valpaços (espaço Vilarandelo/Carrazedo)

Escuteiros de Valpaços/Carrazedo de Montenegro

Centro de Saúde de Valpaços

GNR/Escola Segura

Bombeiros Valpaços/Carrazedo de Montenegro

APPACDM de Valpaços

CPCJ

ANIVALPAÇOS

DRESS A GIRL AROUND THE WORLD

Resinorte/SUMA

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Concelho de Valpaços

Cruz Vermelha

Tribunal de Valpaços

Casa do Povo de Vilarandelo

Grupo Desportivo de Valpaços

Grupo Desportivo de Carrazedo


Arte Urbana (Street Art)

Letreiro -"VALPAÇOS"

Materiais - Sacos de plástico

Dimensões - 10 metros x 1 metro

Inauguração do Letreiro - Feriado Municipal do Concelho de Valpaços 6 de novembro 2021


VIVER O PASSADO NO PRESENTE

No dia 22 do mês de Junho de 2021 realizou-se uma visita de estudo ao parque temático Covil do Lobo com os seguintes objetivos:

  • Cooperar com os companheiros, de forma a contribuir para o êxito na realização de percursos de orientação, respeitando as regras estabelecidas de participação, de segurança e de preservação do equilíbrio ecológico;
  • Identificar no percurso a simbologia básica inscrita na carta: tipo de vegetação, tipo de terreno, habitação, caminhos, água e pontos altos, etc.;
  • Caracterizar a paisagem envolvente da escola (rochas dominantes, relevo), a partir de dados recolhidos no campo.
  • Explicar que a passagem da realidade imperial romana para a fragmentada realidade medieval se deveu ao clima de insegurança originado pelas invasões, pelos conflitos constantes e pela regressão económica.



Programa Eco-Escolas

DESAFIO UHU – Trabalhos premiados


No âmbito da dinamização da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, cuja temática se centrava nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, decidimos desafiar os alunos do 7.º A, a participar num concurso promovido pelo Programa Eco-Escolas. Neste concurso, os alunos, colaborativamente, teriam de elaborar uma ilustração collage (técnica que consiste em realizar uma composição de imagens, através da colagem de diversos tipos de materiais, formando um motivo ou uma nova imagem) sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Agora, já em período de férias, foi com grande satisfação que recebemos a notícia, por parte da ABAE (associação responsável pelo Programa Eco-Escolas) de que a nossa escola se encontra entre as premiadas no projeto “Desafio UHU”. Os nossos trabalhos receberam uma Menção Honrosa.


Parabéns a todos e sobretudo aos alunos do 7.º A, responsáveis pela elaboração dos trabalhos premiados. Esperamos que continuem a contribuir para proteger o nosso planeta.