Want to make creations as awesome as this one?

No description

More creations to inspire you

Transcript

D. Dinis (1279/1325) foi rei de Portugal entre 1279 e 1325.Ver página sobre D. Dinis

João Roiz de Castel-Branco (1438/1515) foi um poeta albicastrense e fidalgo da Casa Real de D. Manuel.Ver página sobre João Roiz de Castel-Branco

Luís Vaz de Camões (1524/1580) é o maior representante do Classicismo Português.Ver página sobre Luís Vaz de Camões

Gil Vicente (1465/1536) é considerado o pai do teatro português e foi também poeta.Ver página sobre Gil Vicente

Garcia de Resende (1470-1536) é considerado o pai do teatro português e foi também poeta.Ver página sobre Garcia de Resende

Bernardim Ribeiro (1480-1552) foi poeta e novelista fazendo parte dos poetas palacianos na Corte de D. Manuel.Ver página sobre Bernardim Ribeiro

Sá de Miranda (1481-1558) incorporou a nova poética renascentista a seu estilo e inaugurou, com as novidades da Renascença italiana, o Classicismo em Portugal.Ver página sobre Sá de Miranda

Cristóvão Falcão (1512-1557) foi poeta e diplomata, sendo um dos mais expressivos exemplos da poesia bucólica em Portugal.Ver página sobre Cristóvão Falcão

Diogo Bernardes (1512-1557) foi um poeta lírico, destacando-se sobretudo na poesia de inspiração bucólica.Ver página sobre Diogo Bernardes

António Ferreira (1528-1569) é considerado um dos maiores poetas do classicismo renascentista de língua portuguesa, conhecido como o Horácio português.Ver página sobre António Ferreira

Francisco Rodrigues Lobo (1528-1569) é considerada o primeiro sinal literário do Barroco em Portugal.Ver página sobre Francisco Rodrigues Lobo

Soror Violante do Céu (1601-1693) foi freira dominicana e é considerada um dos expoentes máximos da literatura barroca em Portugal.Ver página sobre Soror Violante do Céu

Frei Jerónimo Baía (162?-1688) celebrizou-se como poeta lírico, e sobretudo burlesco.Ver página sobre Frei Jerónimo Baía

Correia Garção (1724-1772) é um ilustre representante do realismo português e um iluminista convicto.Ver página sobre Correia Garção

Filinto Elísio (1734-1819) foi um poeta e tradutor, português do Neoclassicismo.Ver página sobre Filinto Elísio

Nicolau Tolentino (1780-1811) foi um poeta, sobretudo do género satírico.Ver página sobre Nicolau Tolentino

José Anastácio da Cunha (1780-1811) foi além de poeta, um grande matemático.Ver página sobre José Anastácio da Cunha

Marquesa de Alorna (1750-1839) foi uma figura de rara erudição, autora de uma obra epistolar ainda por descobrir e grande divulgadora das novas ideias vindas da Europa.Ver página sobre Marquesa de Alorna

Manuel Maria Barbosa du Bocage (1765-1805) foi, possivelmente, o maior representante do arcadismo lusitano.Ver página sobre Bocage

Almeida Garrett (1799-1854) foi um poeta, prosador e dramaturgo romântico, orador, par do reino, ministro e secretário de estado honorário português.Ver página sobre Almeida Garrett

António Feliciano de Castilho (1800-1875) foi um escritor romântico português, polemista e pedagogista, inventor do Método Castilho de leitura.Ver página sobre António Feliciano de Castilho

Anfiteatro Almeida Garrett

Fontes Cibernéticas

Fontes Cibernéticas

Ilha dos Amores

Templo da Poesia

Labirinto

Alexandre Herculano (1810-1877) é um dos nomes mais relevantes em toda a linha da realidade portuguesa do século XIX.Ver página sobre Alexandre Herculano

Soares dos Passos (1826-1860) foi um dos representantes da poesia ultrarromântica em Portugal.Ver página sobre Soares dos Passos

João de Deus (1830-1896) foi um eminente poeta lírico e pedagogo, considerado à época o primeiro do seu tempo.Ver página sobre João de Deus

Antero de Quental (1842-1891) foi um poeta e filósofo português, um verdadeiro líder intelectual do Realismo em Portugal.Ver página sobre Antero de Quental

Gomes Leal(1848-1921) é considerado um precursor do Modernismo Português.Ver página sobre Gomes Leal

Guerra Junqueiro(1850-1923) foi o poeta mais popular da sua época e o mais típico representante da chamada “Escola Nova“.Ver página sobre Guerra Junqueiro

António Feijó(1859-1917) foi um poeta, ora de alma romântica e de fundo lírico, ora de veia mais humorística e paródica.Ver página sobre António Feijó

Cesário Verde(1855-1886) teve uma vida breve e deixou-nos apenas “O Livro de Cesário Verde” contudo marcou todas as gerações vindouras da poesia portuguesa.Ver página sobre Cesário Verde

António Nobre(1867-1900) foi um poeta português, criou uma arte singular, aliando a subjetividade do Romântico ao poder de sugestão do Simbolismo.Ver página sobre António Nobre

Carlos Drummond de Andrade(1902-1987) é considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX.Ver página sobre Carlos Drummond de Andrade

Manuel Bandeira(1886-1968) é considerado como parte da geração de 1922 do modernismo no Brasil.Ver página sobre Manuel Bandeira

José Craveirinha(1922-2003) é considerado o maior poeta de Moçambique.Ver página sobre José Craveirinha

Alda Lara(1930-1962) é uma escritora Angolana que criou uma grande produção poética, publicada apenas após a sua morte.Ver página sobre Alda Lara

Vasco Cabral(1926-2005) foi um escritor e político da Guiné-Bissau e fez parte da escola neorrealista do seu tempo.Ver página sobre Vasco Cabral

Jorge Barbosa(1902-1971) é um dos mais significativos poetas na evolução da história da literatura cabo-verdiana.Ver página sobre Jorge Barbosa

José dos Santos Ferreira, mais conhecido por Adé(1919-1993) foi um poeta de Macau e grande defensor do patuá macaense, língua crioula da região.Ver página sobre José dos Santos Ferreira

Fernando Sylvan(1917-1993) foi um poeta, prosador, dramaturgo e ensaísta timorense.Ver página sobre Fernando Sylvan

Alda do Espírito Santo(1926-2010) foi uma das mais conhecidas poetas africanas de língua portuguesa, tendo ocupado cargos de relevo nos governos de São Tome e Príncipe.Ver página sobre Alda do Espírito Santo

Adeodato Barreto(1905-1937) foi um poeta e escritor luso-goês. As suas obras contêm importantes arquétipos e paradigmas da cultura hindu.Ver página sobre Adeodato Barreto

Camilo Pessanha(1867-1926) é considerado o melhor representante do Simbolismo português.Ver página sobre Camilo Pessanha

Teixeira de Pascoaes(1877-1952) foi um poeta, escritor e filósofo português e um dos principais representantes do saudosismo.Ver página sobre Teixeira de Pascoaes

Mário de Sá-Carneiro(1890-1916) ocupa um lugar de destaque na literatura portuguesa, sobretudo pela poesia.Ver página sobre Mário de Sá-Carneiro

Florbela Espanca(1894-1930) foi uma mulher nascida antes do tempo. Há na sua vida e obra uma dolorosa nostalgia do futuro.Ver página sobre Florbela Espanca

José Gomes Ferreira(1900-1985) deixou-nos uma vasta obra publicada em prosa e em verso, ganhou em 1961 o “Grande Prémio da Poesia”.Ver página sobre José Gomes Ferreira

José Régio(1901-1969) foi, de facto, um dos poetas contemporâneos que maior êxito teve junto das pessoas, mesmo das menos conhecedoras de poesia.Ver página sobre José Régio

Vitorino Nemésio(1901-1978) é considerado um dos grandes líricos do século XX.Ver página sobre Vitorino Nemésio

Miguel Torga(1907-1995) e a sua obra constituíram um referente cultural a nível nacional e internacional.Ver página sobre Miguel Torga

Jorge de Sena(1919-1978) foi poeta, crítico, ensaísta, ficcionista, dramaturgo, tradutor e professor universitário português.Ver página sobre Jorge de Sena

Sophia de Mello Breyner Andresen(1919-2004) foi uma voz da sua época onde ecoam as raízes da cultura ocidental.Ver página sobre Sophia de Mello Breyner Andresen

Carlos de Oliveira(1921-1981) desenvolveu um estilo e uma consciência poética ímpares, que lhe valeram unânime reconhecimento pelos seus contemporâneos.Ver página sobre Carlos de Oliveira

Natália Correia(1923-1993) usou a palavra como um instrumento poderoso de luta contra a intolerância e o obscurantismo e defesa dos valores fundamentais humanistas e democráticos.Ver página sobre Natália Correia

Eugénio de Andrade(1923-2005) foi um dos maiores poetas portugueses contemporâneos.Ver página sobre Eugénio de Andrade

Manuel Alegre(1936) acredita na poesia como ritmo, como música interior, canto e encanto, encantação, exorcismo, uma forma de relação mágica com o mundo.Ver página sobre Manuel Alegre

Fernando Pessoa(1888-1935) é considerado, a par de Camões, o maior poeta de língua portuguesa.Ver página sobre Fernando Pessoa

Alexandre O’Neill(1924-1986) foi um importante poeta do movimento surrealista português.Ver página sobre Alexandre O’Neill

António Ramos Rosa(1924-2013) é um dos grandes poetas portugueses, também reconhecido pela sua pintura e críticas literárias.Ver página sobre António Ramos Rosa

David Mourão-Ferreira(1927-1996) foi um autor multifacetado, escreve, ainda, teatro – sobe mesmo ao palco como ator, crítica literária, ficção e fados para Amália Rodrigues.Ver página sobre David Mourão-Ferreira

António Gedeão(1906-1997) era formado em Físico-Química e repartiu a sua atividade entre a ciência e as letras.Ver página sobre António Gedeão

Ruy Belo(1933-1978) foi um dos mais importantes poetas e ensaístas portugueses do pós-guerra.Ver página sobre Ruy Belo

Mãe de Água

Parque Infantil

Parque Infantil