Want to make creations as awesome as this one?

Resumo do Plano de E@D 2021

Transcript

3

Regime de Ensino à Distância

Para mais informações consultar Planos de Ensino 2020/2021 do Agrupamento de Escolas de Avis

Resumo

2

1

4

Agrupamento de Escolas de Avis

Índice

1º ciclo

Diretores de Turma

2

3

Docentes Edu. Especial

Docentes Titulares

Docentes Coadjuvantes e de Apoio Educativo

4

5

6

Alunos com Vulnerabilidades

Técnicos Especializados

Biblioteca Escolar

7

8

9

Assiduidade

Avaliação

10

11

Educação Pré-Escolar

1

1

Educação Pré-Escolar

1

Papel da Educadora

Tem um papel central na articulação entre si, os alunos e Encarregados de Educação;Cabe-lhe a si organizar o trabalho, centralizar a função de distribuir as tarefas aos alunos e garantir o contacto com os Pais/Encarregados de Educação;Obrigatoriedade de 2 momentos sícronos semanais com os alunos.Deve articular as atividades com os Professores Coadjuvantes e Técnicos Especializados;É responsável pelo envio de forma diferenciada de atividades aos seus alunos, utilizando os meios digitais ao seu dispôr.

2

1º Ciclo

2

Papel do/a Professor/a Titular de Turma

Tem um papel central na articulação entre si, os alunos e Encarregados de Educação (envio da tabela informativa de Trabalho semanal e repetivo feedback sobre os alunos);Cabe-lhe a si organizar o trabalho, centralizar a função de distribuir as tarefas aos alunos e garantir o contacto com os Pais/Encarregados de Educação;Deve articular as atividades com os Professores Coadjuvantes e Técnicos Especializados;É responsável pelo envio de forma diferenciada de atividades aos seus alunos. utilizando o Google Suite for Education;É responsável por manter 70% da carga letiva da matriz curricular em momentos síncronos e 30% em momentos assíncronos de acordo com horário fixo;Deve marcar as faltas e escrever sumários de todas os momentos letivos no programe GIAE. do Agrupamento.

3

Diretores/as de Turma

2º e 3º Ciclos

Papel do Diretor/a de Turma

Articulação regular entre Docentes dos Conselhos de Turma e diferentes intervenientes no processo educativo para assegurar o normal funcionamento das aprendizagens.

Articulação regular com as Técnicas Especializadas (Equipa Go e Animadora Sociocultural) que irão em sistema rotativo dinamizar os momentos de APDT semanal obrigatório para todas as turmas.

São responsáveis pela justificação ou não de faltas no sistema GIAE, tendo em conta a vulnerabilidade da situação em que nos encontramos mas sempre de acordo com a legislação em vigor.

O Diretor de Turma desempenha uma função central ao nível da articulação entre professores, Enc. de Educ e alunos e na organização e gestão do trabalho do Conselho de Turma/Equipas Pedagógicas

Ao Diretor de Turma cabe ainda a marcação de Conselhos de Turma sempre que considerar necessário.

4

Docentes Titulares

2º e 3º CicloS

1. Ao Docente Titular cabe adequar a organização e funcionamento do regime não presencial;2. Os momentos síncronos irão perfazer, 70% da carga horária semanal da cada disciplina.;3. A mancha horária estabelecida para a turma será fixa;.4. Para além das sessões síncronas deve ser disponibilizado material de pesquisa sobre o assunto/conteúdos a tratar (momentos assíncronos relativos a 30% da carga semanal da matriz para a sua disciplina);5. Nos casos em que, por motivos devidamente justificados, o aluno se encontre impossibilitado de participar nas sessões síncronas, deve a escola /Professor disponibilizar o conteúdo das mesmas;6. Todas as faltas e sumários devem ser registados no GIAE;7. Cabe ao docente informar os Dts de qualquer situação sempre que considere necessário.8. Utilização da Plataforma Google Suite for Education.

Apesar da escola estar a trabalhar em processos de ensino à distância, as tarefas e propostas de trabalho apresentadas aos alunos devem ser feitas, preferencialmente, a partir dos manuais escolares e cadernos de atividades que os alunos devem ter na sua posse. Neste contexto, os professores devem assegurar que os alunos têm consigo estes instrumentos de trabalho.

A ter em Conta:

• No desenvolvimento das tarefas propostas deve estar prevista alguma flexibilidade temporal que possa acautelar os diferentes ritmos de trabalho e aprendizagem.

• As atividades extracurriculares/Projetos podem ser dinamizadas nos tempos letivos síncronos.• Sempre que tal se justifique, podem ser envolvidos no apoio aos alunos atividades no âmbito das ações do GO!/Biblioteca Escolar.

5

Docentes de Educação Especial

Papel dos Docentes de Educação Especial

As docentes de Educação Especial estabelecem contactos com os/as Professores(as) Titulares de Turma/Diretores(as) de Turma dos alunos que acompanham, no sentido de fornecer as tarefas pedagógicas adequadas ao perfil de cada aluno e apoiar os docentes da turma, numa prática de trabalho colaborativo e uma lógica de corresponsabilização, na definição de estratégias de diferenciação pedagógica, de forma a consolidar as suas aprendizagens. O meio de comunicação com os alunos irá ser escolhido, com conhecimento dos Professores(as) Titulares de Turma/Diretores(as) de Turma das tarefas e atividades propostas, assim como a indicação do prazo de entrega das mesmas em articulação com o professor titular da disciplina.

6

Docentes Coadjuvantes

Docentes de Apoio Educativo

2º e 3º Ciclos

Pré-Escolar e 1º Ciclo

Os Professores Coadjuvantes de 2º e 3ºciclos irão apoiar e acompanhar os alunos de acordo com as propostas de reformulação da medida de apoio coadjuvação.

Os professores Coadjuvantes do Pré-Escolar (Música e Educação Física), irão articular as suas atividades com as Educadoras, assim como os do 1º ciclo (Música, Educação Física e Oferta Complementar) o farão com os(as) Professores(as) Titulares de Turma..

Papel do Professor/a de Apoio Educativo

Os/As docentes de Apoio Educativo irão estabelecer contactos com os/as Titulares de Turma dos alunos que acompanham, de forma a existir um trabalho colaborativo tendo como objetivo um ensino mais individualizado. Trabalharãocom os alunos, dando a conhecer aos/às professor/as Titulares de Turma as tarefas e atividades propostas, bem como os prazos de entrega.

7

Técnicas Especializadas

GO

Papel das Técnicas do Gabinete Go

● Aconselhamento Parental (monitorização de sentimentos/emoções e formas adaptativas para lidar com a pandemia, promoção de estratégias de saúde mental);● Apoio psicológico não presencial de acordo com o acordado com os Encarregados de Educação (será feita uma avaliação caso a caso, em função das necessidades, salvaguardando questões de privacidade e confidencialidade);● Contacto semanal com os/as Professores/as Titulares de Turma e Diretores de Turma a fim de verificar a assiduidade e o cumprimento das tarefas por parte dos alunos.

Gabinete Go

GO

Papel das Técnicas do Gabinete Go

● Orientação Vocacional (realização de uma sessão com grupo turma e sessões individuais sempre que necessário através da plataforma digital escolhida);● Orientação Escolar (hábitos e métodos de estudo - acompanhamento do desenvolvimento dos trabalhos (planificação, organização, gestão de tempo, etc.);● Enviar aos jovens e famílias sites, linhas de apoio, recursos e informações úteis no contexto da pandemia da doença COVID-19; ● Consultoria e articulação com os Diretores de Turma, órgão de gestão e serviços administrativos sempre que necessário.

Gabinete Go

PAS

Papel das Animadora Sociocultural

Sendo o objetivo final deste projeto a melhoria dos resultados escolares através da implementação de projetos de abrangência social e cultural irão ser realizadas atividades que visem uma melhoria da capacidade comunicativa dos alunos do AE. Irão ser dinamizadas atividades no sentido de colmatar os já identificados problemas em exprimir e debater ideias e conceitos independentemente da área/temática, que combatam a baixa capacidade de resiliência face a situações adversas e a pouca autonomia e assertividade. Durante este período de distância tornou-se também objetivo tentar trabalhar nos alunos o contínuo sentido de turma e união. Estas atividades serão articuladas com as Educadoras, os/as Professores/as titulares do 1º Ciclo, Diretores/as de turma e também propostas pelos Conselhos de turmaT/Conselho de Docentes.

Plano de Desenvolvimento Sociocultural

8

Alunos com Vulnerabilidades

As atividades a realizar são efetuadas na própria escola para os alunos i) Beneficiários da ação social escolar identificados pela escola; ii) Em risco ou perigo sinalizados pelas comissões de proteção de crianças e jovens ou EMAET; iii) Para os quais a escola considere ineficaz a aplicação dos regimes misto e não presencial;Assim, estes alunos irão beneficiar de um especial apoio presencial, mediante a concordância/autorização, pelo meio mais expedito, dos respetivos encarregados de educação. Caso o apoio presencial não seja autorizado ou não estejam reunidas as condições para a realização do mesmo, devem procurar-se outras alternativas de E@D em articulação com as técnicas especializadas, os tutores e mentores. Esta forma de ensino deve ser realizada na escola sede do agrupamento, como escola designada de acolhimento. O contacto com os encarregados de educação deve ser feito pelos/as Professoras Titulares de Turma/Diretores/as de Turma pelos meios à sua disposição. Os alunos oriundos das turmas das escolas das freguesias e os alunos que frequentam o 2.º e 3.º ciclos, devem ser transportados para a escola sede e vice-versa, pelo município. O horário a cumprir no apoio presencial na escola sede será entre as 9h30 e as 15H30. Assim, foram constituídos grupos por ciclo de ensino, tendo o primeiro e o segundo ciclos atividades presenciais dois dias por semana e o terceiro ciclo um. Estes grupos de alunos podem vir a sofrer alterações conforme as necessidades. Para acompanhar estes alunos presencialmente foi criada uma bolsa de professores.

Vulnerabilidades Tecnológicas

Relativamente aos alunos que apresentam vulnerabilidades ao nível informático, serão articuladas ações diretas com o Município, através das Juntas de Freguesia no sentido de proporcionar os meios de realização das atividades pelos alunos (fotocópias de fichas, textos….), como garantia da continuidade das atividades escolares, durante este período. Será também articulado com as equipas das forças de segurança afetas ao Programa Escola Segura (EPES) e CPCJ, na medida das suas possibilidades e disponibilidades, para coadjuvarem o trabalho de seguimento na proximidade com estes alunos, nomeadamente na articulação escola-alunos e em apoio domiciliário.

9

Biblioteca Escolar

• Atendimento direto (síncrono e assíncrono) a alunos, docentes e Encarregados de Educação.Todos os materiais da BE irão estar organizados e disponíveis numa ferramenta como o Padlet ou Wakelet;• Apoio ao currículo – sugestão de sites pedagógicos; sugestão de ferramentas; tutoriais pedagógicos;• Promoção da leitura - disponibilização de ebooks, vídeos de livros, divulgação de podcasts, sugestões de leitura;• Curadoria e disponibilização de conteúdos;• Ocupação lúdico-educativa dos alunos - sugestão de filmes, atividades, concursos/ atividades dinamizadas pela BE;• Divulgação de trabalhos realizados pelos alunos e de boas práticas dinamizadas pelos professores.

bemestreavis@gmail.com

10

Avaliação

Critérios de Avaliação

Sendo a avaliação um processo contínuo, serão usados diversos instrumentos de avaliação para aferir o progresso das aprendizagens do aluno, tais como, questões de aula, apresentações orais, relatórios, fichas de trabalho, eventuais debates ou outros de acordo com a especificidade do ano de escolaridade e da disciplina e de acordo com os critérios de avaliação estabelecidos pela escola incluindo as Rúbricas de Classificação.

Avaliação

Rúbricasde Classificação

Não esquecer que esta modalidade de avaliação privilegia o feedback regular entre os alunos e os respetivos professores.

11

Assiduidade

Ser Responsável

-No início/final das sessões síncronas serão sempre verificadas as presenças dos alunos e marcadas as respetivas faltas no programa GIAE.-Nos momentos assícronos serão marcadas as respetivas faltas quando o aluno não realizar as tarefas propostas para essas sessões.-Titulares/Diretores(as) de Turma irão aferir junto das famílias o(s) motivo(s) da ausência do(a) aluno(a) em determinada(s) sessão(ões).

Assiduidade

Regras depostura nas Aulas on-line

3

2

1

4

A Equipa do e@d

Obrigado!