Want to make creations as awesome as this one?

No description

More creations to inspire you

EARLY PICASSO PERIODS

Guide

PODCAST SERIES 1

Guide

CRAZY COOL STUFF JAN 13

Guide

LIKED THAT? READ THIS!

Guide

ANIMAL ALPHABET

Guide

EXPLORER'S EMPORIUM ADVENTURE LEAGUE

Guide

SOCIOLOGY IN EDUCATION

Guide

Transcript

Veja os fatos sobre as vacinas,Fake news e vacinas,INICIAR,Sobre este manual,UPVacina,Este manual reúne às principais dúvidas, fake news e teorias conspiratórias envolvendo vacinas tradicionais e as vacinas da Covid-19. O conteúdo foi dividido em 4 categorias, com mais de 30 itens, envolvendo a segurança e ingredientes das vacinas, imunidade e vacinação e as conspirações antivacinas, que incluem a Covid-19 ou não. O objetivo é dar suporte informativo aos cidadãos para que eles possam ter uma posicionamento crítico, amparado na ciência, e sejam capazes de impedir o avanço do movimento antivacinas no Brasil e a crescente onda de desinformação criada nas redes sociais. Para ler mais sobre vacinas e sua importância na saúde pública, acesse nosso infográfico interativo! ,Autores: Wasim Aluísio Prate Syed e Nathália Pereira da Silva Leite.Revisores: Flávio Pinheiro Martins e Amanda Goulart. ,Quem somos,Imunidade,Segurança,Conspirações,e eventos adversos,e vacinação,antivacinas,Covid-19,e vacinas,Saiba mais sobre vacinas,O que são, quais tipos existem, quais são seus componentes e seus impactos na saúde pública mundial,Clique,UPVacina,Versão,PDF,Clique,Clique,Clique,Clique,Clique,Clique,Quem somos,Acesse nossa página,UPVacina,A União Pró-Vacina é uma iniciativa organizada pelo Instituto de Estudos Avançados (IEA) Polo Ribeirão Preto da USP em parceria com o Centro de Terapia Celular (CTC), o Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias (CRID), os projetos de divulgação científica Ilha do Conhecimento e Vidya Academics, e o Gaming Club da FEA-RP. O objetivo é unir instituições acadêmicas e de pesquisa, poder público, institutos e órgãos da sociedade civil para combater a desinformação sobre vacinas, planejando e coordenando atividades conjuntas, explorando as potencialidades de cada instituição participante. Entre as ações que serão realizadas estão: produção de material informativo; intervenções em escolas, espaços públicos e centros de saúde; eventos expositivos; combate às informações falsas e desenvolvimento de games.,Instituições, grupos e associações interessados em integrar a iniciativa e colaborar com os projetos podem entrar em contato pelo e-mail iearp@usp.br.,Voltar à tela inicial,Segurança eeventos adversos,Vacinas não causam efeitos colaterais,Mulheres grávidas podem se vacinar,As bulas estão disponíveis para todos,O mercúrio nas vacinas é seguro.,Tomar mais de uma vacina não é prejudicial,Formaldeído nas vacinas é seguro.,Alumínio nas vacinas é seguro.,Por que bebês recebem tantas doses de vacinas nos primeiros anos de vida?,UPVacina,Voltar à tela inicial,?,Imunidade e vacinação,Contrair a doença não dá mais proteção do que a própria vacina,Vacinas não sobrecarregam o sistema imune de crianças,Vacinas não causam a doença que dizem prevenir,A comunidade toda deve estar vacinada para proteger quem não pode se vacinar,Vacinas são necessárias,Alimentação e hábitos saudáveis não dispensam as vacinas,Vacinas são necessárias mesmo quando não vejo ninguém com essas doenças,Como o sistema imune não reconhece o mesmo vírus da gripe todo ano?,Vacinas não são 100% eficazes, mas nem por isso são inúteis,?,É preciso se vacinar mesmo quando as outras pessoas já estão.,x,UPVacina,Voltar à tela inicial,Medicinas alternativas,Polivitamínicos são melhores do que as vacinas tradicionaisvacina,Vacinas homeopáticas e homeopatia não são melhores do que as vacinas tradicionais,Tratamentos alternativos não são mais eficientes do que as vacinas tradicionais,UPVacina,A medicina alternativa é definida como a aplicação de terapias sem evidências científicas, oferecida como uma alternativa à medicina tradicional.,Voltar à tela inicial,Conspirações,Vacinas não causam autismo,As vacinas não são feitas de fetos abortados,Vacinas não são usadas como método de esterilização forçada,Qual o interesse da indústria farmacêutica em vender vacinas?,?,UPVacina,Conspirações ou teorias da conspiração são narrativas alternativas à narrativa mais provável e aceita sobre os fatos, sejam de natureza política, social ou científica. De acordo com TAYLOR (2020), nessas narrativas, conspiracionistas criam explicações simples sobre como e por que algo ocorreu, quem se beneficia e quem deve ser culpado. Na narrativa dos movimentos antivacinas, Bill Gates aparece como o principal inimigo. São características comuns desses discursos a sua infalseabilidade e a menção a mais de uma conspiração, como a instauração de uma Nova Ordem Mundial e a criação de doenças, particularmente a HIV/AIDS, pela indústria farmacêutica. Conspiracionistas têm traços psicológicos em comum: acreditam no paranormal e magia; são narcisistas; têm pouca análise crítica sobre as informações às quais são expostos e, por isso, tendem a compartilhar fake news. Referência: Taylor, Steven. The Psychology of Pandemics: Preparing for the next Global Outbreak of Infectious Disease. Cambridge Scholars Publishing, 2020. ,Voltar à tela inicial,Covid-19 e vacinas,Medicamentos não comprovadosnão são úteis na prevenção da Covid-19,Vacinas de DNA e RNA não alteram o nosso DNA,Conspiração: Bill Gates, microchips e a marca da besta,As vacinas de Oxford são tão confiáveis quanto a da China,UPVacina,Voltar à tela inicial,Vacinas contra a Covid-19 não contêm a enzima luciferase